sábado, 22 de outubro de 2022

Maré de Conflitos

Filme produzido pelo Núcleo de Produções Cinematográficas do Bureau de Comunicação e Eventos, tem Baía Babitonga como cenário e estreia em novembro.
Um dos mais importantes estuários do sul do Brasil é tema de documentário da Joinvilense Ipê Produções Cinematográficas. “Maré de Conflitos” traz à tona os problemas causados pelo fechamento do Canal do Linguado em 1935 e o excesso de empreendimentos portuários atualmente em licenciamento no frágil ecossistema.
A obra também revela que Joinville é uma cidade que ainda abriga centenas de famílias que vivem exclusivamente da pesca. O trailer está para acesso público na internet.


Sinopse
O Ecossistema Babitonga é contemplado com um dos mais importantes estuários de Santa Catarina, a Baía Babitonga. Há milhares de anos a pesca artesanal é uma prática da vocação natural desse ambiente. A maior e mais industrializada cidade catarinense, Joinville, tem milhares de moradores em seus diversos bairros banhados por rios que deságuam na baía. Centenas deles ainda vivem exclusivamente da pesca. Caranguejos, ostras, mariscos e pescados diversos fazem parte da alimentação básica destas famílias ou geram renda para as suas sobrevivências. Esse público vem sofrendo diminuição por diversos fatores. Um deles deve-se ao desastre ambiental promovido pelo fechamento do Canal do Linguado, em São Francisco do Sul, SC, que vem, há quase um século, promovendo um constante assoreamento que inviabiliza, cada vez mais, a navegação e a pesca. Outro fator mais recente é o crescente número de empreendimentos portuários em obra e ou em licenciamento que pode impedir definitivamente a navegação de pequenas embarcações e também a pesca. A fragilidade do ecossistema aliada ao desastre ambiental e ao crescente número de empreendimentos pode levar ao extermínio essa milenar profissão. “Maré de Conflitos” é um alerta à sociedade sobre o alto preço ambiental e social dessa tendência; todavia mostra também que a opção ao desenvolvimento sustentável é a alternativa para a preservação deste patrimônio natural e cultural da pesca artesanal.

Ficha Técnica

Direção e fotografia: Altamir Andrade

Som e Trilha Sonora Original: Fábio Cabelo

Edição e Montagem: Julium Schramm

Locução: Kléber Douglas Bedin

Produção Executiva: Daiane Couto da Cunha

Realização: Instituto Viva a Cidade (IVC)

Produção: Ipê Produções

Difusão: Ilaine Melo


Elenco

Ângela Regina de França – Pescadora aposentada e Presidenta da Colônia de Pesca Z32 de Joinville

Cláudio Rudolfo Tureck – Professor Dr. e pesquisador da Universidade da Região de Joinville - Univille

Dannieli Firme Herbst – Dra. da UFSC e Pesquisadora da Universidade de Barcelona, Espanha

Edilson de Oliveira Godois (Japa) – Pescador e Delegado do Sindicato dos Pescadores de SC

Fabiano Grecco de Carvalho – Biólogo e Mestre em Ecologia e Conservação

Jessica Ferreira – Bióloga e Zooarqueóloga do Projeto Tradition da Universidade de Barcelona, Espanha

Julium Schramm – Ambientalista e membro do Conselho de Presidentes do IVC

Márcio Francisco Bertoti (Bode) – Pescador artesanal profissional

Tiago Alzuguir Gutierrez – Procurador do Ministério Púbico Federal (MPF Joinville)


2022 - Documentário Curta-Metragem, 25 min, sobre a pesca artesanal na Baía Babitonga premiado em 2021, com recursos públicos, pelo Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura (Simdec) edital 001/2020/PMJ.  Resultado do projeto "Pescadores de Areias" de iniciativa do Instituto Viva a Cidade (IVC), a obra teve como base a Pesquisa de Patrimônio Imaterial viabilizada também com recursos públicos do Simdec 2016 no projeto "Pesca artesanal, um olhar de perto".


Estreias

Local: Anfiteatro I da Univille, em Joinville, SC
Data: 21/11/22  (Dia Internacional da Pesca)  Horário: 10h30
Apoio: Comitê Joinville do Movimento Nacional ODS Santa Catarina

Local: Cine Teatro Sesc de Joinville, SC
Data: 24/11/2022  (Dia do Rio)  Horário: 19h30
Apoio: Clube de Oratória e Liderança (COL)

Local: Auditório do Instituto Federal Catarinense (IFC)
Campus São Francisco do Sul
Data: 06/12/22    Horário: 10h40
Apoio: Grupo de Trabalho de Educação Ambiental GTEA RH06 da Comissão Interinstitucional de Educação Ambiental de Santa Catarina (CIEA/SC)

Após estas exibições de estreia "Maré de Conflitos" poderá ser apresentado para grupos fechados, exclusivamente, pois cumprirá agenda de participações em festivais do gênero até dezembro de 2024. A partir de 2025 comporá o acervo da produtora para acesso público nas redes sociais.

Saiba mais sobre cultura nesse blog:

Prêmio por trajetória Artística/Cultural
Obras cinematográficas joinvilenses rodam festivais e conquistam prêmios

Ipê Produções conquista prêmio da Ancine para produção de longa-metragem

IVC comemora 11 anos com dois filmes produzidos em parceria com Ipê Produções


quarta-feira, 19 de outubro de 2022

Fundições descartam passivos ambientais em condomínio aeronáutico

A edição 846 do Jornal O Vizinho traz mais uma reportagem de capa denunciando dois grandes empreendimentos em Santa Catarina. O Aeropark Vale Europeu, em edificação no município de Guaramirim, e o aterro da Administradora de Bens Altona S.A., em Gaspar.

Capa da edição 846 do Jornal O Vizinho

Na contra-capa, a primeira manchete "Voo arriscado do Aeropark de Guaramirim" revela que o empreendimento está autorizado a receber quase dois milhões de toneladas de Contaminantes Industriais de Fundições (CIFs). Resíduos estes gerados por empresas de municípios vizinhos sendo, Franklin Electric Industrial de Motobombas S.A. de Araquari; Schulz S.A. e Nidec Global Appliance Brasil Ltda (Embraco), de Joinville.

Contra-capa da edição 846 do Jornal O Vizinho

A segunda manchete "Fundição despeja passivo ambiental em Gaspar" aponta que o aterro da futura instalação da Eletro Aço Altona S.A. está autorizado a receber 400 mil tonelas de resíduo produzido pela própria empresa em Blumenau.

Ao receber a denúncia de que as empresas estariam praticando crimes ambientais por extrapolar os respectivos licenciamentos concedidos pelo Instituto de Meio Ambiente (IMA), a Oscip ambientalista  Instituto Viva a Cidade (IVC) foi aos locais, constatou diversas irregularidades e protocolou denúncias no Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), sob os números 05.2022.00038682-9 e 05.2022.00038699-5.

Na capa da mesma edição do jornal a manchete "Crimes ambientais em Joinville foram confirmados", o veículo reporta outros dois crimes, de mesma natureza, também denunciados pelo Instituto Viva a Cidade (IVC). Tanto nos casos denunciados em Joinville quanto nos de Gaspar e Guaramirim os ambientalistas constatam a participação da empresa de consultoria joinvilense Nova Era Soluções Ambientais e autorizações duvidosas do próprio órgão licenciador estadual, IMA.

O advogado e ambientalista Giovanni Solletti diz que apesar de Santa Catarina ter uma legislação que permita alguns usos dos resíduos de fundições o grande problema está com o órgão estadual. "Além das autorizações serem concedidas, no mínimo em caráter duvidoso, o IMA não fiscaliza estes empreendimentos. Nós é que fazemos esse trabalho perigoso que deveria ser uma obrigação do Estado".

Mas, o IVC não atua somente com a investigação e denúncias de crimes ambientais. Apesar dessa forte identidade, desde a sua fundação, em 2008, a educação e conscientização ambiental é uma vertente da Oscip. Como se pode confirmar também no jornal.

Página inteira do jornal é dedicada à Oscip ambientalista

Maré de Conflitos é um documentário realizado pelo IVC e que tem estreias no mês de novembro em Joinville e dezembro em São Francisco do Sul. A obra cinematográfica tem o ecossistema da Baía Babitonga como foco e traz à tona os conflitos entre os pescadores artesanais e o excesso de empreendimentos portuários licenciados e ou em licenciamento na baía. O trailer do filme pode ser acessado no link de "Obras" do sítio www.ipeproducoes.com.br.
O Jornal O Vizinho, que prioriza temas relativos ao meio ambiente, nesta edição de outubro de 2022, tem artigo de associado do IVC no espaço do leitor com o tema "Sustentabilidade: teoria e prática".
Prioridade ao meio ambiente é marca do Jornal O Vizinho há 32 anos

A identidade ambientalista do jornal é, mais uma vez, destacada no editorial desta edição com o tema "Precisamos de governantes alinhados aos ODS" e destaca que "Investir no aumento do quadro de pessoal nos órgãos de fiscalização ambiental é mais que urgente".  

Reafirmando a parceria do IVC com o MPSC de Joinville, exemplares desta edição do jornal O Vizinho foram entregues, em mãos, à promotoria de meio ambiente.
Promotora de meio ambiente do Ministério Público de Santa Catarina (Joinville), 
Simone Cristina Schultz

A servidora, no exercício da sua função pública, tem atendido os voluntários da Oscip ambientalista nas ações que demandam orientação especializada no tema.

Saiba mais sobre o IVC neste blog:

Ambientalistas estimulam retorno de editais na Cia Águas de JoinvilleIVC atento à instalação do TGS da Golar Power na Baía Babitonga
Oscip ambientalista elege nova diretoria para a gestão 2018/2020
Movimento ODS da ONU tem novas lideranças em Santa Catarina
Mulheres agricultoras são foco do IVC
Unidade de Conservação é tema do Grupo Pró-Babitonga
Reunião de governança do Movimento Nós Podemos tem participação destacada do IVC
IVC integra Comitê Executivo do GPB que tenta reverter fechamento do Ibama em Joinville
A maldade também se renova
Com maiores notas de avaliação IVC conquista prêmios do Edital Simdec 2016
Cartas do IV ECEA e IX FBEA
Diário do Fórum Brasileiro de Educação Ambiental
IVC e COL agem em defesa da Baía Babitonga
SC sedia um dos maiores eventos de EA do País
Vilagaia recebe biólogo do IVC em atividade de Educação Ambiental
IVC comemora 9 anos com fogueira, jantar e nova identidade visual
IVC recebeu troféu Onda Verde
IVC conquista a mais importante premiação ambiental do sul do País
IVC apresenta prioridade de pauta para vereadores joinvilenses
IVC se integra ao Movimento ODS instituído pela ONU
IVC apóia criação do Parque Botânico de Joinville
Unidade de Conservação na iminência de loteamento
GTEA recomenda projeto do IVC ao governo catarinense
IVC compõe o CNEA (Cadastro Nacional de Entidades Ambientais)
Empresas podem fazer doações dedutíveis de IR para projetos ambientais
IVC apoia iniciativa do governo catarinense
IVC expõe na Semana Lixo Zero
IVC tem encontro com área de meio ambiente do Porto de São Francisco do Sul
Candidatos se posicionam sobre "bandeiras" do IVC
IVC e Univille iniciam estudo de parceria com foco na Ilha da Rita na Baía Babitonga
IVC quer posicionamento de candidatos que disputam segundo turno em Joinville, SC
IVC conquista reconhecimento de UPE (Utilidade Pública Estadual)
IVC lança novo sítio na internet em evento do governo catarinense
Engenheira ambiental assume presidência do IVC
Estudantes têm encontro com IVC às margens do rio Cachoeira
IVC se consolida com o pioneirismo no meio ambiente
IVC finaliza projeto e escola se torna referência
Escola modelo é 100% meio ambiente
Matéria oficial sobre o evento no sítio da Prefeitura
A primeira confraternização do IVC
Eco-Escola entra em operação na inauguração da Gibiteca
Diretoria IVC Gestão 2012/2014
Ambientalistas ajudam CEI economizar mais de 50% de água
Água da chuva nos banheiros
Exposição fotográfica circula em escolas
Eco-Escola joinvilense
Documentário "O rio que teima pela vida"
O rio que teima pela vida
Projeto ambiental conquista recursos públicos
Duas ONGs comprometidas com o rio Cachoeira
Inauguração na escola Hermann Müller

quarta-feira, 14 de setembro de 2022

Feitos que são histórias Memoráveis

O livro "Memoráveis - Feitos que são histórias" foi lançado pelos organizadores do TEDx Balneário Barra do Sul, SC. A obra reúne textos de 14 palestrantes do evento realizado nos dias 14 e 15 de maio de 2021, sendo eles: Altamir Andrade, Ana Paula Câmara, Andresa Cardoso, Beatriz Costa, Bruno Diego Barauna, Elaine Cristina Borges Scalabrini, Jean Oliskovics, Lena Souza, Manú Oliveira, Marian Lima, Maryana com Y, Omar Ghanen, Viviane de Araújo e Willian Martins.



O livro tem quatro partes e está acessível ao público na internet desde a noite do seu lançamento em 13 de setembro de 2022. Os temas relativos à "Atualidades e Sociedade" compõem a parte três da obra. Com o título "Procuram-se Realizadores de Mudanças" sou co-autor do livro ocupando 20 das suas 294 páginas. Organizada por Bruno Diego Baraúna, Elaine Cristina Borges Scalabrini e Mayara Francine da Silva, a obra é prefaciada pela advogada, atleta profissional e ex-vereadora Claudia dos Santos, nativa do encantador Balneário Barra do Sul, SC.

Todos os textos estão alinhados com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU. No meu caso, com o ODS 14 - Vida na Água, pois meu tema é o Ecossistema Babitonga integrado por seis municípios da região nordeste de Santa Catarina (Araquari, Balneário Barra do Sul, Garuva, Itapoá, Joinville e São Francisco do Sul).
Paralelamente a estes eventos do TEDx, com o mesmo foco da minha palestra, está em produção o documentário "Maré de Conflitos" que tem estreia em novembro deste ano.
Na minha primeira obra literária, o livro de bolso "O GIGANTE Acuado", patrocinado pelo prêmio que conquistei em 2012, como "Parceiro da Paz e da Sustentabilidade", pode ser considerado o início desta luta. Neste livro, com edição esgotada de mil exemplares, em 2013, trazia à tona a denúncia de um dos maiores crimes ambientais cometidos em Joinville com o espalhamento criminoso de Contaminantes Industriais de Fundições (CIFs) por diversos bairros da cidade, mas principalmente nos manguezais do ecossistema Babitonga.
Minha participação no TEDx foi uma gratificante oportunidade para dar mais visibilidade aos problemas que afligem este que é um dos mais importantes estuários do Planeta.
Para acessar o livro acesse aqui.
Para assistir as palestras que deram origem ao livro, acesse aqui.
Para assistir minha palestra, que é um dos elementos da campanha "APA da Babitonga já", acesse aqui.
Para assistir ao trailer "Maré de Conflitos" acesse aqui.

Saiba mais sobre minha trajetória cultural:
Prêmio por trajetória Artística/Cultural
Obras cinematográficas joinvilenses rodam festivais e conquistam prêmios

Ipê Produções conquista prêmio da Ancine para produção de longa-metragem

IVC comemora 11 anos com dois filmes produzidos em parceria com Ipê Produções