quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Joelmir ajudou-me a optar pelo jornalismo

Foi casual, na Alemanha, em 1996. O encontro que tive com o jornalista Joelmir Beting, que faleceu nessa madrugada de 29 de novembro de 2012. 
Joelmir Beting e eu na Feira de Hannover, Alemanha, em abril de 1996

Ele iniciou atuação profissional no jornalismo dois anos antes de eu nascer. Desde criança os telejornais têm sido minha maior atração televisiva. Por muitos anos da minha vida, Joelmir Beting foi meu companheiro virtual diário. Meu mais confiável informante e tradutor do "economês", como costumava dizer.
Quando nos encontramos, na Alemanha, reagi como fã e tive simpática e inesquecível acolhida. Disse a ele que há cinco anos eu estava enveredando para o empreendedorismo jornalístico com o JOV (Jornal O Vizinho).
Expliquei tratar-se de um jornal de bolso com distribuição gratuita de porta-em-porta em Joinville, SC. Ele conhecia a cidade, mas nunca ouvira falar do JOV. Mas eu disse que ele ainda ouviria. Rimos.
No rápido contato - a conversa durou pouco mais de dez minutos -, na despedida, ficou registrado um conselho que pratiquei poucos anos depois. "O jornalismo é apaixonante. Já pensastes em fazer uma faculdade?". Dali em diante comecei a pensar.

Treze dias antes do lançamento do meu primeiro livro "O GIGANTE acuado" e já com 75 anos, Beting, de noticiador, é o noticiado, pela sua morte. Entristeci-me.
Ele tinha razão. A profissão é apaixonante.

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Convite para o lançamento do livro "O GIGANTE acuado"




Sobre esse tema, seguem links de outras postagens neste blog e de outros sítios na internet:

R$ 50 milhões de indenização
Uma arma à cabeça, um tiro. Jornalismo é profissão de risco
Loteamento com aterro de rejeitos é denunciado pela Defensoria Social
Minha casa, o fim da minha vida
"Deus" tremendo filho da puta
Acontecimentos inesperados, consequências de incalculáveis repercussões
Publicações feitas em outros veículos de comunicação sobre o tema:

Jornal O Vizinho (JOV)
Edição 748 do JOV (Jornal O Vizinho) - Edição comemorativa de aniversário de Joinville com destaque de capa para o tema (reuso de areias de fundições) com entrevista exclusiva do representante da CNBB (Confederação Nacional dos Bispos do Brasil) nas páginas 6 e 7.
Edição 750 do JOV - Destaque de capa para entrevista com o Bispo Diocesano de Joinville, Dom Irineu Roque Scherer e editorial sobre a denúncia da Defensoria Social.
Edição 751 do JOV - Destaque de capa para o embate sobre o tema com publicação na íntegra, de nota da Tupy Fundições S.A. (direito de resposta) e alerta da Defensoria Social sobre o que qualifica de ações intimidatórias da empresa contra o jornal, nas páginas 4 e 5.
Edição 752 do JOV - Destaque de capa alerta que a Calçada do 62 BI pode ser apenas a ponta do iceberg com reportagem da cobertura jornalística de audiência pública na CVJ (Câmara de Vereadores de Joinville) nas páginas 6 e 7 e comentário em editorial.
Edição 753 do JOV - Destaque de capa para as novas denúncias feitas por vereadores contra o reúso de areias de fundições e repercussão do tema noutros veículos nas páginas 6 e 7.
Edição 760 do JOV - Destaques de capa para resposta da Fatma/SC aos questionamentos feitos pelos vereadores sobre o reúso das areias de fundições
Edição 761 do JOV - e edição 046 do JOI - Destaques de capa para resposta do prefeito de Joinville às perguntas dos vereadores sobre os casos de suspeita de câncer e suas relações com as areias de fundição
Edição 762 do JOV - Destaque na coluna de meio ambiente na página 4, alerta da Defensoria Social sobre a "Decisão Duvidosa" da prefeitura de Joinville em oficializar o reuso das areias de fundições.
Edição 771 do JOV - Destaque na contra capa com a matéria "Parceiro da Paz e da Sustentabilidade"
Edição 772 do JOV - Destaque na contra capa anuncia que o editor do JOV fora eleito com "Prêmio da ONU"
Edição 783 do JOV - Destaque de capa denuncia movimento das indústrias para o reúso das areias de fundição como "fertilizante"
Edição 784 do JOV - Destaque na contra capa que Joinville lidera iniciativa de uso de rejeito industrial na produção de alimentos
Edição 785 do JOV - Destaque de capa: Rejeitos de fundição podem virar "fertilizante"
Edição 786 do JOV - Reportagem de capa destaca que homenagem a joinvilense seria feita na Rio+20 teria sido boicotada pelo governo Dilma
Edição 787 do JOV - Destaque de capa denuncia uso areias de fundição em obra do Programa do Governo Federal "Minha Casa, Minha Vida"

Jornal O Joinvilense (JOI)
Edição 045 do JOI 
- Destaque de capa para a resposta da Fatma que faz crescer suspeita contra fundiçãoEdição 040 do JOI - (Jornal O Joinvilense) - Destaque de capa para os riscos do reúso de areias de fundições contaminadas com o cancerígeno fenol e complemento de reportagem na página 3
Edição 046 do JOI - Destaque de capa para resposta do prefeito de Joinville às perguntas dos vereadores sobre os casos de suspeita de câncer e suas relações com as areias de fundição.
Edição 050 do JOI - Destaque na contra-capa reporta Prêmio da ONU ao editor do jornal
Edição 056 do JOI - Reportagem de capa destaca que iniciativa joinvilense mobiliza resistência nacional contra uso de rejeitos industriais na agricultura
Edição 057 do JOI - Reportagem de capa revela que Defensoria Social reage a ação do Palácio do Planalto

Jornal O Garuvense (JOG)
Edição 032 do JOG (Jornal O Garuvense) - Nota na página 8 sobre a repercussão nacional feita no JOV
Postagem neste blog sobre a reação da empresa contra esse jornalista e o JOV
Edição 33 do JOG - Destaque na coluna de meio ambiente na página 8 sobre o evento na Câmara de Vereadores de Joinville.
Edição 37 do JOG - Destaque na coluna de meio ambiente na página 8 sobre a denúncia nacional contra a Tupy Fundições S.A. no Anuário Brasil Sustentável.
Edição 042 do JOG - Destaque na coluna de meio ambiente na página 8, alerta da Defensoria Social sobre a "Decisão Duvidosa" da prefeitura de Joinville em oficializar o reúso das areias de fundições
Edição 047 do JOG - Destaque de capa sobre o Prêmio da ONU
Edição 060 do JOG - Destaca na capa que rejeitos de fundições podem virar "fertilizante"
Edição 062 do JOG - Destaca na capa que o Palácio do Planalto teria boicotado homenagem a joinvilense na Rio+20

Jornal O Araquariense (JOA) )
Edição 001 do JOA - Destaque de capa sobre o Prêmio da ONU
Edição 015 do JOA - Destaca que Joinville lidera iniciativa de uso de resíduo industrial na agricultura
Edição 017 do JOA - Anuncia a criação do TSI (Tribunal Social Internacional

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

A arte que sensibiliza, diverte e transforma

O cara é muito bom!
Já este é um maluco que deve saber tudo de matemática, física, meteorologia...

Acho bacana esse vídeo pela força da sua mensagem.
Da mesma forma, essa é outra bela peça, criativa.

Esse... foge um pouco do "politicamente correto", mas nem por isso deixa de ser criativo, divertido.

Essa relíquia, que tem como apresentador Frank Sinatra...

...pode ter influenciado essa outra obra que considero genial.

A arte na publicidade a torna mais comunicativa e induz a novos comportamentos, de consumo, quase sempre. Mas, a arte por si só é que nos dá, à alma, alimento impagável.
Nessa outra postagem, uma obra das mais fantásticas, de Michael Jackson, em favor da natureza: clique aqui para acessá-la e ao vídeo clip.

Outras postagens, neste blog, com apelo artístico:
Como explicar isso?
O domador de palavras