segunda-feira, 23 de abril de 2012

A importância da leitura na ascensão profissional

Dia 23 de abril é o Dia Mundial do Livro. A partir da semana dessa data comemorativa, através do COL (Clube de Oratória e Liderança) de Joinville, inicio mais uma atividade voluntária.
O evento, como pode ser visto na imagem abaixo, é uma parceria entre a Acij e o COL.

O projeto, apresentado e aprovado pela diretoria do COL, está aberto a parcerias para ampliar o público-alvo, como segue:

Apresentação
Fundado em 10 de abril de 1979, o COL (Clube de Oratória e Liderança) de Joinville é uma ONG (Organização Não Governamental) que tem entre os seus objetivos “Prestar serviços desinteressados à comunidade” e “Proporcionar condições favoráveis ao livre discurso de todos os assuntos de interesse público”.
Desde 1979 consolidado na prática do voluntariado, o COL é uma entidade reconhecida de UPM (Utilidade Pública Municipal) através da Lei 1.804 de 03 de julho de 1981 que tem prestado relevantes serviços à sociedade.
Em 2004 o COL foi homenageado em sessão especial na CVJ (Câmara de Vereadores de Joinville) para comemorar seus vinte e cinco anos. No mesmo ano editou um livro com resgate histórico da entidade.
Para comemorar os 30 anos, o COL produziu dois vídeos que estão hospedados no Youtube com links do sítio próprio e virtual da internet www.clubedeoratoria.org.br.
Em 2010 o COL realizou evento com procurador do Ministério Público em campanha contra a corrupção disseminando-a entre seus associados e lideranças locais e regionais.
Em 2011, o COL produziu o vídeo documentário “O rio que teima pela vida” em parceria com a Fundema e o IVC (Instituto Viva o Cachoeira). A obra é peça governamental de educação e conscientização ambiental disponibilizada ao público em geral através da internet.
Por muitos anos foi parceiro da Promotur patrocinando e viabilizando o baile da Rainha das Festas das Flores e também concebendo e coorganizando a Fenachopp.
Enfim, trata-se de uma entidade em sintonia com a comunidade em que está inserida.
Essas ações formam um conjunto mínimo de referências que demonstram o comprometimento da entidade com seu estatuto.

Justificativa
Considerando que a desqualificação profissional tem sido um dos principais fatores para a baixa velocidade do Brasil na sua corrida para transformar-se em potência mundial;
Considerando ainda que ler significa mudar de horizontes, interagir com o real, interpretá-lo, compreendê-lo e decidir sobre ele, e que então ler é reescrever o que estamos lendo, é descobrir a conexão entre o texto e o contexto do texto e também vincular o texto/contexto ao contexto do leitor;
Considerando também que a grande maioria da população brasileira (63,3%) compõe-se de analfabetos funcionais o que exige uma urgente mobilização para a reversão desse quadro que atrasa ou impossibilita o alcance de mais elevados estágios de desenvolvimento;
Considerando que esse quadro pode ser considerado desolador, o COL, que desde 1979 vem formando líderes e oradores e tem também entre os seus objetivos “Estimular a eficiência e promover altos padrões no desempenho dos negócios e das profissões”, propõe-se a dar mais essa contribuição para a qualificação da sociedade.

Objetivo Geral
Demonstrar ao participante a importância da leitura para a ascensão profissional.

Objetivos específicos
1 – Denunciar os elevados níveis de analfabetismo da sociedade brasileira
2 – Demonstrar a importância do exercício da leitura para a saúde mental
3 – Estimular o hábito da leitura
4 – Demonstrar que o hábito da leitura amplia vocabulário e conhecimento

Público alvo
O projeto “A leitura como ferramenta para a ascensão profissional” é dirigido principalmente a diretores, coordenadores de escolas, professores e estudantes.

Plano de trabalho
Palestras de 45 minutos e mais 15 minutos de debate com especialista do COL, sendo:
-       Gratuitas para estudantes e profissionais de instituições de ensino públicas
-       Patrocinadas para instituições de ensino privadas
-       Gratuitas para instituições públicas e ou privadas que tenham bibliotecas abertas ao público

Cronologia
Depende de disponibilidade de agenda
 
Infraestrutura
A escola ou entidade que receberá a palestra deverá disponibilizar sistema de som e projeção (multimídia)

Transporte
A escola ou entidade que receberá a palestra deverá viabilizar o transporte do palestrante que deverá estar no local do evento com uma hora de antecedência.

Coordenação do projeto
A coordenação do projeto será da diretoria do COL.

Palestrante
Signatário do Movimento Nacional ODS da ONU, Altamir A. Andrade é Jornalista Profissional, empresário nas áreas de comunicação e eventos, palestrante e instrutor titular do COL e dos cursos de oratória da Ecamp, de Campinas, SP.

quinta-feira, 12 de abril de 2012

COL forma mais 16 oradores e empossa nova diretora social

Ao completar 33 anos, o COL (Clube de Oratória e Liderança) de Joinville soma 2.637 oradores e líderes formados em sua trajetória consolidada no voluntariado; no entanto, qualificadamente profissionalizada. Os depoimentos dos alunos -alguns descritos neste post - são incentivadores.
Clique aqui se quiser informações sobre os próximos cursos.

Os alunos do primeiro curso de 2012, que aconteceu no período de 26 a 30 de março, em sala da Udesc - parceira do COL - no centro de Joinville, receberam seus certificados na noite de 09 de abril.
O evento, além da formatura, foi comemorativo aos 33 anos do clube e realizado em parceria com o IVC (Instituto Viva o Cachoeira), OSCIP (Organização Social Civil de Interesse Público) ambientalista, apadrinhada pelo clube.
A diretora de comunicação do COL, Rúbia Tânia Welter (em pé) saúda os partipantes do encontro observada pela vice-presidenta e advogada Mônica Robert; pelo vice-presidente do IVC, o marinheiro aposentado Adilson Lopes da Silva; pelo presidente do clube, o professional trade Mário Lúcio Floriani, pelo diretor de cursos, jornalista Altamir Andrade e pelo secretário municipal da integração e desenvolvimento econômico da prefeitura de Joinville, Raulino João Schmitz

As duas entidades (COL e IVC) se uniram para a produção de um documentário, "O rio que teima pela vida", que foi lançado no evento, e que também contou com a presença do engenheiro Eni Voltolini, presidente da Fundema, na ocasião palestrante sobre o tema "O rio que teima pela vida".
Estes foram os participantes do curso:

Adair Manoel Lopes, Antonio Carlos Vinholi, Bianca Burmeister Tirelli Gomes dos Santos, Caroline Giocondo, Eduardo Roslindo Altmann, Elaine Carina Carlini, Fernando Coelho de Oliveira, Greicy Kelly Cunha Coelho, José Antonio Junkes, Juventino Elias Salvador, Michele da Costa Gameiro Tavares, Roberta Cleto Penteado, Rosimary Bonotti Franzoi, Taís Tainara Coradelli e Wanderson Alves Joana.

Nem todos puderam estar presentes na festa, mas os que foram comemoram a conquista da superação e da qualificação para a fala em público. Quem comemorou duplamente foi a jovem advogada Bianca Burmeister Tirelli Gomes dos Santos. Após a cerimônia de entrega dos certificados ela foi empossada à diretoria. Bianca é a diretora social do COL substituindo a COLeana Jéssica Andrade que está morando em Mumbai, Índia.
Quem fez a entrega do documento aos formandos foi o ex-presidente do clube e membro do Conselho de Presidentes, Raulino João Schmitz. As fotos são do ex-presidente e também membro de Conselho de Presidentes, João Carlos Farias.














Bianca Burmeister Tirelli Gomes dos Santos - "Me sinto honrada pelo convite e especialmente agradecida a minha amiga Jéssica Andrade por me incentivar".


Fernando Coelho de Oliveira


Adair Manoel Lopes - "Melhorei mil por cento a minha comunicação. Espero que o clube não pare de realizar esse curso"

Juventino Elias Salvador - "Foi uma experiência excelente. Recomendo o curso especialmente para a vida profissional, mas também muito importante para as relações sociais"

Taís Tainara Coradelli - "O curso é realmente muito bom. Ensina a comunicar corretamente, a se expressar melhor. Ajuda a ter autocontrole e nos permite descobrir que podemos mudar, nos ensina também como agir corretamente num palco, numa palestra".

Wanderson Alves Joana - "O que me fez procurar o curso foi justamente a relação com o meu trabalho, que lida muito com a imprensa. Como delegado eu não tenho medo de enfrentar bandido, criminoso, mas era um problema para mim falar em público, dar entrevistas. O curso me ajudou como jamais pensei que poderia"

Veja mais sobre esse evento:
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2012/04/melhor-oradora-e-maior-evolucao.html
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2012/04/dr-agua-titulo-consagrado.html

Leia mais sobre o tema:
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2012/01/o-maior-medo-do-mundo-tem-cura.html
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2009/03/bons-oradores-tem-melhores-cargos-e.html
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2011/11/golpistas-sao-excelentes-oradores.html
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2011/11/o-domador-de-palavras.htmlhttp://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2009/03/escolas-de-jornalismo-nao-ensinam.html
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2011/08/ceo-com-enfase-em-lideranca.html
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2011/09/como-explicar-isso-comunicacao-e-coisa.html
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2011/11/duas-ongs-comprometidas-com-o-cachoeira.html
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2012/03/documentario-o-rio-que-teima-pela-vida.html
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2012/03/o-rio-que-teima-pela-vida.html
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2012/04/dr-agua-titulo-consagrado.html

Edição 776 do JOV (Matéria de contra-capa do Jornal O Vizinho)
Edição 775 do JOV (Matéria de contra-capa do Jornal O Vizinho)
Edição 773 do JOV (Matéria de capa do Jornal O Vizinho)
Edição 769 do JOV (Matéria de capa do Jornal O Vizinho)
Edição 048 do JOG (Matéria de contra-capa do Jornal O Garuvense)

Melhor Oradora e Maior Evolução

Ao completar 33 anos de existência, o COL (Clube de Oratória e Liderança) de Joinville formou mais uma turma totalizando nessa trajetória 2.637 oradores e líderes. Em seus Cursos Básicos de Oratória e Liderança de 20 horas, a cada edição os alunos elegem, no último módulo e em votação secreta, o "Melhor Orador" e o "Orador Maior Evolução".
No evento de formatura esses eleitos são revelados e praticam discurso de agradecimento também estruturado em técnica socializada durante o curso.
No curso realizado no período de 26 a 30 de março que contou com a participação de 16 alunos um COLeano e uma COLeana foram eleitos.
José Antonio Junkes (direita) recebe do vice-presidente do IVC, Adilson Lopes da Silva, o troféu de orador "Maior Evolução"

A "Maior Evolução" foi reconhecida no funcionário da Döhler S/A, José Antonio Junkes, 60, morador de Joinville. Surpreso com o resultado do curso ele diz "jamais ter imaginado que tivesse um curso desse nível em Joinville, que incentiva e transforma os mais tímidos e também aperfeiçoa os que já têm a habilidade".
A análise feita pelos próprios alunos para a eleição é comparativa. Eles veem as imagens das filmagens feitas no primeiro e no quarto módulo. É impressionante a transformação dos participantes!
A eleita "Melhor Oradora" foi Elaine Carina Carlini, engenheira da Tupy S/A, também moradora de Joinville. Para ela, o profissionalismo do curso foi o destaque. "Material didático de alta qualidade, instrutores capacitados e com alta bagagem em comunicação e liderança, além do ambiente criado durante o curso, acolhedor e amigável".

Elaine Carina Carlini recebe do presidente do clube, Mário Lúcio Floriani, o troféu de "Melhor Oradora"

Carlini diz que vai recomendar aos amigos porque o curso "é altamente profissional, a transformação dos alunos durante o curso é claramente vista e os instrutores são altamente qualificados conduzindo os alunos para a evolução na oratória".
A Melhor Oradora recebeu mais de 50% dos votos dos COLegas de curso. O evento de formatura aconteceu na Cantina Borgonovo na noite de 09 de abril e reuniu sócios, diretores do COL e do IVC (Instituto Viva o Cachoeira), convidados, além de contar com a palestra "O rio que teima pela vida" do presidente da Fundema, engenheiro Eni Voltolini, que ficou surpreso com a pontualidade e organização do evento do clube. O evento de formatura é a última aula do curso, de organização de eventos e todos os formandos fazem discursos ao receberem seus certificados.
Além da formatura, palestra e festa de aniversário, as duas entidades (COL e IVC) fizeram o lançamento público  do vídeo documentário "O rio que teima pela vida".

Leia mais sobre o evento:http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2012/04/dr-agua-titulo-consagrado.html

Leia mais sobre o tema:
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2012/01/o-maior-medo-do-mundo-tem-cura.html
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2009/03/bons-oradores-tem-melhores-cargos-e.html
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2011/11/golpistas-sao-excelentes-oradores.html
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2011/11/o-domador-de-palavras.htmlhttp://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2009/03/escolas-de-jornalismo-nao-ensinam.html
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2011/08/ceo-com-enfase-em-lideranca.html
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2011/09/como-explicar-isso-comunicacao-e-coisa.html
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2011/11/duas-ongs-comprometidas-com-o-cachoeira.html
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2012/03/documentario-o-rio-que-teima-pela-vida.html
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2012/03/o-rio-que-teima-pela-vida.html
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2012/04/dr-agua-titulo-consagrado.html

Edição 776 do JOV (Matéria de contra-capa do Jornal O Vizinho)
Edição 775 do JOV (Matéria de contra-capa do Jornal O Vizinho)
Edição 773 do JOV (Matéria de capa do Jornal O Vizinho)
Edição 769 do JOV (Matéria de capa do Jornal O Vizinho)
Edição 048 do JOG (Matéria de contra-capa do Jornal O Garuvense)

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Dr. Água, título consagrado

A noite de 09 de abril de 2012 será inesquecível para alguns joinvilenses e também histórica para o município.
Inesquecível por ter sido diplomada mais uma turma de oradores formados pelo COL (Clube de Oratória e Liderança) de Joinville. Ainda, pela comemoração aos 33 anos de fundação do clube que até essa data formou 2.637 oradores e líderes. Especialmente inesquecível para o administrador João Carlos Farias, membro do Conselho de Presidentes do COL e ambientalista do IVC (Instituto Viva o Cachoeira).
Nascido no Dia Mundial da Água, 22 de março, quis o destino que Farias se tornasse um especialista em sistemas economizadores de água em sua carreira profissional. A paixão pelo tema estimulou Farias associar-se ao IVC e engajar-se como ambientalista voluntário nos projetos da OSCIP (Organização Social Civil de Interesse Público).
João Carlos Farias agradece a oficialidade do título como "Dr. Água" conferida pelo COL e IVC assistido pelo presidente do clube Mário Lúcio Floriani (primeiro a esquerda), o secretário municipal de integração e desenvolvimento econômico Raulino João Schmitz e o presidente da Fundema Eni Voltolini

Nos últimos anos Farias vinha sendo identificado como "Dr. Água", denominação que recebera oficiosamente numa palestra que fizera em evento da Udesc. Desde então, o "Dr. Água" tornou-se uma personagem assumida pelo ambientalista e que contou com o apoio do COL e do IVC na consolidação do título.
Nessa mesma assembleia do COL, que foi um evento realizado em parceria com o IVC, as duas entidades homenagearam Farias concedendo-lhe oficialmente o título.
No mesmo evento, as duas entidades fizeram o lançamento público  do vídeo documentário "O rio que teima pela vida". A participação do presidente da Fundema como palestrante da noite sobre o tema marcou o encerramento do projeto que foi liderado pelo COL para a produção da obra, como pode ser conferido nos links no fim desse post.
O presidente da Fundema, Eni Voltolini palestra para sócios do COL e do IVC sendo observado pela vice-presidenta do COL, Mônica Robert ao lado do vice-presidente do IVC, o marinheiro aposentado Adilson Lopes da Silva

Para Eni Voltolini, as duas entidades estão escrevendo parte da história de Joinville e reescrevendo uma importantíssima história sobre o rio Cachoeira. "Vocês estão conseguindo fazer o que a Fundema há vinte anos quis e não conseguiu. Estão criando argumentos convincentes e uma força na sociedade para um olhar de recuperação e preservação ambiental do Cachoeira", declarou o presidente da Fundema.
Voltolini registrou o seu espanto ao assistir o vídeo pela primeira vez e conferir que ainda há tanta vida no leito e margens do rio. "Vocês vão conseguir que o rio seja recuperado. Depois disso, ninguém mais poderá dizer que qualquer outro rio da nossa região não possa ter o mesmo fim", ponderou o presidente da Fundema que finalizou agradecendo a todos os sócios e ambientalistas das duas entidades pela inciativa da produção do vídeo.

Leia mais sobre o tema neste blog:
Edição 776 do JOV (Matéria de contra-capa do Jornal O Vizinho)
Edição 775 do JOV (Matéria de contra-capa do Jornal O Vizinho)
Edição 773 do JOV (Matéria de capa do Jornal O Vizinho)
Edição 769 do JOV (Matéria de capa do Jornal O Vizinho)
Edição 048 do JOG (Matéria de contra-capa do Jornal O Garuvense)

quinta-feira, 22 de março de 2012

Documentário "O rio que teima pela vida"

Com apenas dez minutos, o vídeo sobre trecho central do rio Cachoeira, Joinville, SC, considerado um dos mais poluídos do sul do país, revela imagens supreendentes de vida e de morte.

Oficialmente entregue ao poder público municipal (Fundema - Fundação Municipal de Meio Ambiente), no Dia Mundial da Água, em 22 de março de 2012, às 9h, para acesso irrestrito via internet, o evento contou com a participação do presidente do órgão de fiscalização ambiental, Eni Voltolini, diretores e sócios da OSCIP (Organização Social Civil de Interesse Público) IVC (Instituto Viva o Cachoeira) e da ONG (Organização Não Governamental) COL (Clube de Oratória e Liderança) de Joinville.
Mônica Robert (Vice-presidente do COL), Dr.Água (João Carlos Farias, ambientalista do IVC) e Eni Voltolini (Presidente da Fundema)

Ao assistir o documentário, o presidente da Fundema interrompeu algumas vezes espantado com as imagens que via. "Isso é o rio Cachoeira?". A partir do segundo bloco do vídeo ele pode confirmar que era verdade o que via e não acreditava. "Estou impressionado e agradecido ao COL e ao IVC por essa iniciativa. Vamos gravar DVDs e enviar cópias para todas as escolas do município", anunciou Eni Voltolini.
Diretores do COL e do IVC conversam com o presidente da Fundema que pede para que essa parceria seja ampliada

A obra foi produzida pelo COL especialmente para professores, governantes, ambientalistas e líderes comprometidos com a recuperação e preservação de rios, com prioridade para o Cachoeira, para que possam usá-la como elemento ilustrativo nos seus discursos.
Antes dessa reunião, o presidente do COL esteve na rádio Jovem Pan e foi entrevistado pelo radialista, "Amigo do COL", Onsy Martins em seu programa matinal Breakfast.
O radialista Osny Martins entrevista Mário Lúcio Floriani que fala sobre o documentário

Leia mais sobre o tema neste blog:
Edição 776 do JOV (Matéria de contra-capa do Jornal O Vizinho)
Edição 775 do JOV (Matéria de contra-capa do Jornal O Vizinho)
Edição 773 do JOV (Matéria de capa do Jornal O Vizinho)
Edição 769 do JOV (Matéria de capa do Jornal O Vizinho)
Edição 048 do JOG (Matéria de contra-capa do Jornal O Garuvense)
Edição 002 do JOA (Matéria de contra-capa do Jornal O Araquariense)
Edição 005 do JOA (Matéria de contra-capa do Jornal O Araquariense)

Parceiros desse projeto
Clube de Oratória e Liderança
Instituto Viva o Cachoeira
Bureau de Comunicação e Eventos
Ipê Produções
JOV (Jornal O Vizinho)
JOI (Jornal O Joinvilense)
JOG (Jornal O Garuvense)
JOA (Jornal O Araquariense)

Projeto desse vídeo documentário
Edital de Chamada Pública da Fundema.
Mais eventos no rio Cachoeira

Relise da Fundema enviado aos veículos de comunicação


Cachoeira, o rio que teima pela vida
A vida do Rio Cachoeira pode ser mais conhecida a partir de hoje. Um vídeo
produzido pelo Clube de Oratória (COL), Instituto Viva o Cachoeira (IVC) e
Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fundema) pode ser acessado no
Youtube. “O rio que teima pela vida” apresenta espécies que habitam o rio
poluído, mas que ressurge com a consciência da comunidade e investimentos
públicos, como saneamento.
O vídeo com nove minutos pode ser assistido no link
http://www.youtube.com/watch?v=4jqsPldeoG0. O COL foi vencedor do edital
de projetos ambientais da Fundema em 2011 com proposta de elaboração de um
documentário. “Essas imagens nos criam uma grande expectativa de saber se
realmente é o Cachoeira. Vamos fazer esse material chegar às escolas
municipais”, disse Voltolini.
O vídeo foi entregue à Fundema neste Dia da Água, 22 de março. Eni
Voltolini, presidente da Fundema, recebeu o material do presidente do COL, Mário Lúcio Floriani. Outros membros das entidades também estiveram no encontro.

segunda-feira, 12 de março de 2012

O rio que teima pela vida

No Dia Mundial da Água, 22 de março, o COL (Clube de Oratória e Liderança) põe no ar, na internet, o documentário "O rio que teima pela vida". A obra terá como destino transformar-se em peça de educação e conscientização ambiental.


Imagens surpreendentes, como essa, vão revelar um rio desconhecido da população joinvilense e confirmar que ele está mais vivo do que muitos industriais poluidores desejariam

O COL, já em 1993 patrocinara um projeto de associado que discutia a situação do rio. “Um rio Cachoeira perene, despoluído, piscoso e navegável” era o nome do projeto que circulou com palestras por várias escolas e entidades do município.
Quase vinte anos depois, agora com recursos públicos conquistados através de projeto disputado com outras entidades em edital do FMMA (Fundo Municipal do Meio Ambiente) de 2011, o vídeo deverá se transformar numa peça oficial do município para fins didáticos em suas escolas. 
Cortina natural que atravessava o rio Cachoeira ligando os bairros América e Saguaçu é mais uma das paisagens desconhecidas da maioria dos joinvilenses

A obra foi produzida especialmente para professores, governantes, ambientalistas e líderes comprometidos com a recuperação e preservação do Cachoeira, para que possam usá-la como elemento ilustrativo nos seus discursos.
O lançamento oficial à comunidade acontecerá na festa de aniversário de 33 anos do clube, no dia nove de abril próximo.
Vídeo é sobre trecho de apenas um quilômetro do Rio Cachoeira no centro de Joinville, entre o Mercado Público e a ponte da rua Itaiópolis

Algumas imagens que compõem o documentário começaram a ser captadas em 2005. As especialmente feitas para a produção têm emissão zero de carbono, já que os deslocamentos dos sets de filmagens foram feitos de bicicleta, barco à remo e à pé.

Leia mais sobre o tema neste blog:

http://www.jornalistaandrade.blogspot.com/2011/11/duas-ongs-comprometidas-com-o-cachoeira.html


E também noutras publicações:
Edição 776 do JOV (Matéria de contra-capa do Jornal O Vizinho)
Edição 775 do JOV (Matéria de contra-capa do Jornal O Vizinho)
Edição 773 do JOV (Matéria de capa do Jornal O Vizinho)
Edição 769 do JOV (Matéria de capa do Jornal O Vizinho)
Edição 048 do JOG (Matéria de contra-capa do Jornal O Garuvense)
Edição 002 do JOA (Matéria de contra-capa do Jornal O Araquariense)
Edição 005 do JOA (Matéria de contra-capa do Jornal O Araquariense)


quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Água da chuva nos banheiros

Implantação de um sistema de coleta e tratamento de água de chuva começa a operar em CEI municipal de Joinville, SC. Inovação permite armazenar em três reservatórios até trinta mil litros de água que será usada nos banheiros, o que resulta em grande contribuição ambiental

Projeto ambiental que está sendo executado pelo IVC (Instituto Viva o Cachoeira) vai promover economia aos cofres públicos além de servir de modelo para a educação e a conscientização ambiental

Os três reservatórios com capacidade de dez mil litros de água cada, num primeiro momento impacta os leigos. Mas, não o especialista. “A implantação do sistema de aproveitamento de água da chuva no CEI (Centro de Educação Infantil) Fátima, no bairro de mesmo nome é para ser referência na região. Aqui não vai mais faltar água”, diz João Carlos Farias, ambientalista do IVC.
O sistema coleta a água através do telhado que passa por tratamento de filtragem e radiação UV (Ultravioleta) para esterilização com eliminação de bactérias.
O ambientalista João Carlos Farias, mais conhecido como "Dr. Água", aponta o esterilizador UV (esquerda) e o filtro (direita).

Segundo o engenheiro ambiental que ajuda na obra, o uso da água da chuva é uma alternativa que deveria ser implementada em todos os domicílios. “Esse sistema torna a água de excelente qualidade e pode ser usada para tomar banho, lavar louças, roupas e veículos, molhar jardins e hortas e nas descargas de banheiros”, diz Rodrigo Mendes Tavares.
Professora Ereni Carmo Telles, o encanador Juventino Elias Salvador, a diretora Mara Beatriz Popeng, o ambientalista João Carlos Farias, o construtor Adair Manoel Lopes e o engenheiro ambiental Rodrigo Mendes Tavares comemoram a primeira captação de água depois de quase dez dias de estiagem em Joinville

A diretora do CEI comemora essa conquista que contou com a parceria do IVC na elaboração do projeto e execução da obra. “É um sonho que estamos vendo se realizar”, diz Mara Beatriz Popeng. Para o encanador Juventino Elias Salvador, 70, esse trabalho é especial. “Estou fazendo com muita alegria porque não consigo entender como ainda se usa água tratada nos sanitários. Aqui vai ser usada só água da chuva”.
O mesmo sentimento tem o construtor Adair Manoel Lopes, 63. “Quando fui procurado pelo Dr. Água e pelo amigo Juventino, parei uma obra para vir ajudar. Isso aqui vai servir de modelo para muita gente”, comemora.
O sistema implantado é de alta tecnologia e todo automatizado. Apesar do grande volume dos reservatórios, se algum dia der problema, válvulas e comandos eletrônicos abrem registros para a entrada de água da rede pública. “Mas nunca a água da chuva vai para a caixa que as crianças bebem ou usam para se lavar ou escovar os dentes”, avisa o Dr. Água.
De acordo com o engenheiro ambiental Rodrigo Mendes Tavares, 36, essa preocupação do Dr. Água é um “preciosismo”
“A água da chuva que o sistema trata aqui tem excelente qualidade de balneabilidade e poderia ser usada tranquilamente para tomar banho e escovar os dentes. É uma água destilada naturalmente. Falta nela apenas os sais minerais. Só por isso não é recomendável o uso para beber”, explica o engenheiro ambiental. “O seguro morreu de velho”, brinca o Dr. Água.
O engenheiro ambiental Rodrigo Mendes Tavares confere a instalação dos equipamentos eletrônicos nas caixas de água junto com o empreiteiro Adair Manoel Lopes
Desde novembro, quando o projeto foi aprovado e os recursos começaram a ser liberados pelo FMMA (Fundo Municipal do Meio Ambiente), voluntários do IVC e profissionais contratados para a implantação vem cumprindo o cronograma de obras.
Durante o período de férias foram realizadas as obras de construção civil para que nenhuma atividade pudesse colocar em riscos as crianças. “Agora estamos finalizando a instalação elétrica para o bombeamento da água dos reservatórios para a caixa de água do telhado”, explica o Dr. Água, que justifica tamanho volume de água para armazenar. “Joinville é uma das cidades que mais chove no mundo. Mas, também tem estiagens. Aqui vai ser quase impossível faltar água a partir de agora”.
Ainda no mês de novembro de 2011 várias reuniões foram feitas no CEI Fátima:
Aqui o Dr. Água está avaliando o local onde seriam instalados os reservatórios da água de chuva
A decisão do local foi definida com educadoras do CEI Fátima. A árvore foi preservada
A fabricante dos reservatórios (Fortlev) é outra parceira desse projeto ambiental consolidado no voluntariado. Os três reservatórios foram adquiridos direto da indústria a "preço de fábrica".
Da mesma forma, a Auxtrat (filtros para água de chuva), Hidroville  (materiais hidráulicos e bomba) e Bombas Catarinense (painel de comando), atenderam o pedido de parceria do Dr. Água e praticaram preços subsidiados para esse projeto.

Leia mais sobre o tema neste blog:
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com/2011/11/projeto-ambiental-conquista-recursos.html
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com/2011/11/duas-ongs-comprometidas-com-o-cachoeira.html

E também em outras publicações:
Edição 774 do JOV (Matéria de capa do Jornal O Vizinho)
Edição 767 do JOV (Matéria de capa do Jornal O Vizinho)
Edição 769 do JOV (Matéria de capa do Jornal O Vizinho)
Edição 059 do JOI (Matéria de capa do Jornal O Joinvilense)
Edição 049 do JOG (Matéria de capa do Jornal O Garuvense)
Edição 045 do JOG (Matéria de contra-capa do Jornal O Garuvense)
Edição 003 do JOA (Matéria de contra-capa do Jornal O Araquariense)
Edição 048 do JOI (Matéria de capa do Jornal O Joinvilense)
Edição 048 do JOG (Matéria de contra-capa do Jornal O Garuvense)

Bureau de Comunicação e Eventos
Edital de Chamada Pública da Fundema.