quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Trânsito e liderança

Os acidentes de trânsito matam quatro vezes mais que as guerras, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde). Os conflitos no Vietnã duraram 20 anos (de 1955 a 1975). Lá, morreram 58.193 soldados norteamericanos. O trânsito brasileiro matará 50.241 pessoas no país, apenas em 2014, levando-se em conta apenas o crescimento anual de 4% que se tem verificado nos últimos 10 anos. Ou seja, sem computar o aumento de tráfego que ocorrerá por conta da Copa do Mundo. E quanto mais tráfego, mais mortes.
Dada a importância do tema, diretores e associados do COL (Clube de Oratória e Liderança) de Joinville, anteciparam a Semana Nacional do Trânsito, a comemoração anual que acontece entre os dias 18 e 25 de setembro e debateram, na noite de 9 de setembro de 2013 “O TDAH e acidentes de trânsito”.

Desde 1979 o COL Joinville vem formando oradores e líderes com suas palestras e cursos. O próximo Curso de Oratória e Liderança com Ênfase em Técnicas de Apresentações acontece no período de 4 a 11 de novembro. As inscrições já estão abertas e as confirmadas com antecedência (até o dia 19 de setembro) tem 30% de desconto.
  Estudiosa do TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade), a psicóloga Sheila Rosskamp explicou que pessoas com essa síndrome são líderes natos. “Elas têm inteligência e memória acima da média, apresentam energia extra, são criativas, espontâneas, gostam de novidades, se destacam naquilo que gostam e ainda são falantes e líderes natos. Estas são as qualidades geralmente encontradas em pessoas com TDAH”, explicou a palestrante para surpresa da plateia que se identifica com estas características.

Segundo a especialista, o TDAH é uma síndrome com forte componente genético, causada por uma alteração no receptor da dopamina (sensação de prazer, motivação) nos neurônios. Acomete tanto meninos quanto meninas e costuma se estender para a vida adulta.
A psicóloga diz que pessoas com TDAH se envolvem em muito mais acidentes de trânsito, e que estudos realizados pela APA (American Psychiatric Association) confirmam isso. "Estudo confirmou que pessoas com TDAH tiveram 4 vezes mais acidentes de veículos, sofreram 4 vezes mais lesões devido a batidas, receberam 4 vezes mais multas de trânsito e dirigiram 6 vezes mais sem licença".
Só em 1991 o Departamento de Transporte das Rodovias Federais dos EUA reconheceu o TDA/H como um transtorno psiquiátrico que representava um risco potencialmente importante em relação aos problemas de condução de veículos.

Geralmente, com o passar dos anos, as pessoas se tornam melhor condutores, porém as estatísticas mostram que nesse grupo de pessoas isso não ocorre. Só diminuindo nas pessoas idosas com TDAH.
No mesmo encontro o associado James Ademir Alves apresentou o livro "Metanoia", e explicou que a obra é um romance de negócios e trata de uma nova maneira de enxergar a realidade. "É a transformação. É livrar-se dos entulhos liberando espaço para o novo. É um novo olhar sobre a liderança e os negócios".
Em breve o autor Roberto Adami Tranjan fará o lançamento do livro em Joinville e o COLeano já despertou no grupo o interesse pela obra.
Durante o evento o diretor Altamir Andrade, coordenador do projeto "Se ligue no esgoto" também fez a apresentação e lançamento do jornal do referido projeto, que serão distribuídos em palestras nas escolas.

Leia mais sobre o COL neste blog:


A oratória da liderança
COL e UFPR firmam parceria para formar empreendedores  
Clube de Oratória decide parcerias com a SDR Joinville e Ajidevi
Formar líderes e oradores é missão do COL
Superação do medo e da inibição
Vídeo "O rio que teima pela vida"
COL forma mais 16 oradores
Bons oradores têm melhores cargos e salários
O maior medo do mundo tem cura
Melhor oradora e maior evolução
Escolas de jornalismo não ensinam oratória


Leia mais sobre o COL noutras publicações:
JOV (Jornal O Vizinho)
Edição 797 do JOV (Clube de Oratória se engaja na conscientização ambiental
Edição 796 do JOV (Se ligue no esgoto)
Edição 794 do JOV (Ela é a primeira)
Edição 793 do JOV (Mulher Líder)
Edição 792 do JOV (Advogada vai liderar Clube de Oratória)
Edição 786 do JOV (COL faz parceria com Sindicato dos Radialistas)
Edição 777 do JOV (O rio que teima pela vida)
Edição 776 do JOV (Documentário ambiental em fase final)
Edição 775 do JOV (Jovens oradores)
Edição 769 do JOV (COL conquista patrocínio público)
Edição 753 do JOV (COL prepara curso de oratória)
Edição 751 do JOV (Oratória, ferramenta para o sucesso na carreira)
Edição 746 do JOV (Conselheiros do COL discutem sucessão)
JOI (Jornal O Joinvilense)
Edição 062 do JOI (Mulher no comando)
Edição 057 do JOI (COL faz parceria com Sindicato dos Radialistas)
Edição 052 do JOI (COL e IVC consagram título ao Dr. Água)
Edição 051 do JOI (O rio que teima pela vida)
Edição 041 do JOI (Para superar a inibição)
Edição 038 do JOI (São Paulo deve ganhar um Clube de Oratória)
Edição 036 do JOI (COL mobiliza líderes em defesa do MP)
Edição 034 do JOI (COL realiza primeiro curso de oratória do ano)
JOA (Jornal O Araquariense)
Edição 024 do JOA  (Mulher vai liderar o Clube de Oratória)
JOG (Jornal O Garuvense)
Edição 070 do JOG (Advogada vai liderar Clube de Oratória)
Edição 046 do JOG (Garuvense é orador premiado)
Edição 009 do JOG (Formador de líderes e oradores)


quarta-feira, 4 de setembro de 2013

A oratória da liderança

Em abril o casal Bogo foi um dos participantes do Curso de Oratória e Liderança. Ambos decidiram fazer o que muitos líderes têm praticado em Joinville. Presidentes de associações diversas como Acij, Ajorpeme, CDL e Acomac, quando estão certos de suas missões frente à estas entidades, procuram o COL (Clube de Oratória e Liderança). A qualificação da oratória é o fator motivador. Álvaro José e Zenaide Belli Bogo, presidente e primeira-dama, assumem a liderança da Acomac Joinville em setembro. Ao lado do casal a diretora do COL, Luciane Cardoso

O empresário Álvaro José Bogo, da Bogo-Filhos Material de Construção Ltda., assume a presidência da (Acomac) Associação dos Comerciantes de Materiais de Construção no dia 26 de setembro. Ele e sua mulher, Zenaide Belli Bogo, de tão satisfeitos com a transformação deles próprios e dos demais participantes do curso, tomaram a iniciativa de liderar uma parceria entre as duas entidades. Desde julho, e até abril de 2015, os cursos do COL acontecem na sede da Acomac.

A Plasticoville, empresa de Adelir (segundo a esquerda) e James Ademir Alves (terceiro a esquerda) é vizinha e sócia da Acomac

Associados da entidade têm prioridade na reserva de vagas e condições especiais para participação nos cursos. Quase metade dos participantes do curso realizado em julho de 2013 eram associados da Acomac. Estes também comemoram a parceria e o quanto o curso é transformador. Entre eles o empresário James Ademir Alves. Sócio da Plasticoville e em contínuo aperfeiçoamento no desafio de liderar centenas de empregados, ele destaca alguns pontos do curso. “O respeito, a pontualidade, a qualidade, o resultado formando pessoas melhores para a nossa sociedade”.
A relação de parceria das diretorias das duas entidades amplia-se noutros eventos. No sábado, 31 de agosto, diretores do COL participaram da festa comemorativa aos 30 anos da Acomac.

O evento, que aconteceu no Galpão Sítio Novo, reuniu centenas de pessoas que também puderam saborear uma saborosa costela de fogo de chão

Ao redor das costelas um encontro marcou o evento. O prefeito Udo Döhler, acompanhado do presidente da CVJ (Câmara de Vereadores de Joinville) o vereador João Carlos Gonçalves, conheceu o marinheiro aposentado Adilson Lopes da Silva, vice-presidente do IVC (Instituto Viva Cidade). Döhler comemorou conhecer o ambientalista que trabalhou em alguns navios, como o Catarina, que atracavam no Cais do Mercado Público quando o rio Cachoeira era “a BR 101” de Joinville.

Adilson Lopes da Silva e João Carlos Farias, vice e presidente do IVC (Instituto Viva Cidade), respectivamente, conversam com o prefeito Udo Döhler (jaqueta clara) acompanhados do Conselheiro do COL (Clube de Oratória e Liderança) de Joinville, Raulino Schmitz (centro) e do presidente da CVJ (Câmara de Vereadores de Joinville) João Carlos Gonçalves (direita)

O empresário Vilmar José Steil, que deixa a presidência da entidade de Joinville também participou do Curso de Oratória no mês de julho, estimulado pelo casal Bogo. Ele vai assumir um desafio ainda maior, o de presidir a Fecomac/SC (Federação dos Comerciantes de Materiais de Construção de Santa Catarina).
Vilmar José Steil (direita) atual presidente da Acomac Joinville, preparou-se no Clube de Oratória e Liderança para assumir a presidência da Fecomac/SC

Um grande evento está programado para o dia 26 de setembro, na Harmonia Lyra, em Joinville, para as posses de Álvaro José Bogo (presidência Acomac Joinville) e Vilmar José Steil (presidência da Fecomac/SC).
Álvaro José Bogo (esquerda), também preparou-se no Clube de Oratória e Liderança para assumir a presidência da Acomac Joinville
 
Antes do almoço da Festa de aniversário os COLeanos que estavam presentes ao evento comemoraram a qualidade do discurso do atual presidente da Acomac. Steil aplicou ensinamentos do curso e deixou em maus lençóis os que falaram posteriormente. Mais uma vez a diretoria do COL pode confirmar o quanto o curso faz a diferença entre os líderes que se qualificam. 
Outras fotos do evento:
Ao conhecer Adilson Lopes da Silva, o prefeito Udo Döhler dedicou comportamento de reverência ao marinheiro do navio Catarina, enquanto ouvia suas histórias e luta como ambientalista, agora na aposentadoria


O presidente da CVJ, vereador João Carlos Gonçalves ouve a indignação do seu xará João Carlos Farias, presidente do IVC, por conta do esgoto do prédio do poder legislativo ainda não estar ligado à rede pública de coleta e tratamento

Leia mais sobre o COL neste blog:

COL e UFPR firmam parceria para formar empreendedores  
Clube de Oratória decide parcerias com a SDR Joinville e Ajidevi
Formar líderes e oradores é missão do COL
Superação do medo e da inibição
Vídeo "O rio que teima pela vida"
COL forma mais 16 oradores
Bons oradores têm melhores cargos e salários
O maior medo do mundo tem cura
Melhor oradora e maior evolução
Escolas de jornalismo não ensinam oratória


Leia mais sobre o COL noutras publicações:
JOV (Jornal O Vizinho)
Edição 797 do JOV (Clube de Oratória se engaja na conscientização ambiental
Edição 796 do JOV (Se ligue no esgoto)
Edição 794 do JOV (Ela é a primeira)
Edição 793 do JOV (Mulher Líder)
Edição 792 do JOV (Advogada vai liderar Clube de Oratória)
Edição 786 do JOV (COL faz parceria com Sindicato dos Radialistas)
Edição 777 do JOV (O rio que teima pela vida)
Edição 776 do JOV (Documentário ambiental em fase final)
Edição 775 do JOV (Jovens oradores)
Edição 769 do JOV (COL conquista patrocínio público)
Edição 753 do JOV (COL prepara curso de oratória)
Edição 751 do JOV (Oratória, ferramenta para o sucesso na carreira)
Edição 746 do JOV (Conselheiros do COL discutem sucessão)
JOI (Jornal O Joinvilense)
Edição 062 do JOI (Mulher no comando)
Edição 057 do JOI (COL faz parceria com Sindicato dos Radialistas)
Edição 052 do JOI (COL e IVC consagram título ao Dr. Água)
Edição 051 do JOI (O rio que teima pela vida)
Edição 041 do JOI (Para superar a inibição)
Edição 038 do JOI (São Paulo deve ganhar um Clube de Oratória)
Edição 036 do JOI (COL mobiliza líderes em defesa do MP)
Edição 034 do JOI (COL realiza primeiro curso de oratória do ano)
JOA (Jornal O Araquariense)
Edição 024 do JOA  (Mulher vai liderar o Clube de Oratória)
JOG (Jornal O Garuvense)
Edição 070 do JOG (Advogada vai liderar Clube de Oratória)
Edição 046 do JOG (Garuvense é orador premiado)
Edição 009 do JOG (Formador de líderes e oradores)

terça-feira, 16 de julho de 2013

Público já pode acessar vídeo na internet

“Avaliado por nossos técnicos, conferimos que o vídeo vem ao encontro deste momento da empresa que está investindo na implantação da rede pública de coleta e tratamento de esgoto”, diz o presidente da CAJ (Cia Águas de Joinville). “Esse documentário deve ser exibido em locais públicos e acompanhar, sempre que possível, as palestras e reuniões que a empresa realiza para conscientizar a população a ligar o esgoto na rede pública de coleta e tratamento”, determinou Nelson Possamai.

O vídeo-documentário “Se ligue no esgoto”, produzido pelo COL (Clube de Oratória) para a Cia Águas de Joinville, tem por objetivo conscientizar a população a ligar o esgoto na rede pública de coleta e tratamento. Ao disputar edital público e conquistar patrocínio da CAJ para a realização do projeto, o clube produziu o vídeo-documentário de treze minutos e trabalha, agora, na produção de um jornal temático. Estas peças didáticas acompanharão, a partir de agosto, palestras em escolas de Joinville, priorizando as inseridas na Bacia Hidrográfica do Rio Cachoeira.
A iniciativa do COL é comemorada por ambientalistas. 

Cardume fotografado em junho de 2013 da passarela sobre o rio Cachoeira em frente ao Centreventos Cau Hansen

O presidente do IVC (Instituto Viva Cidade), Oscip (Organização Social Civil de Interesse Público) parceira, diz que o projeto contempla um conjunto de atividades que serão aproveitadas para marcar os cinco anos de fundação da entidade ambientalista. “Fundado em agosto de 2008, o IVC, que antes era a ONG Instituto Viva o Cachoeira, acompanhará todos os eventos deste projeto do COL”, comemora João Carlos Farias.
O projeto “Se ligue no esgoto” é financiado pela Cia Águas de Joinville, patrocinado pelo Clube de Oratória e jornais O Vizinho, O Joinvilense, O Garuvense e O Araquariense.
Em reunião realizada dia 11 de julho, o vídeo “Se ligue no esgoto” foi submetido a avaliação de representantes da Coordenação de Educação Socioambiental, da Assessoria Planejamento e Desenvolvimento Institucional, da Assessoria de Planejamento e Gestão da Qualidade, da Assessoria de Comunicação e do presidente da CAJ
 
Após a avaliação dos técnicos, a obra foi aprovada por todos os presentes na reunião em análise referente a cada área representada. "Portanto, considera-se que o vídeo está de acordo com os interesses da Companhia e pode ser veiculado como parte do projeto desenvolvido”, oficializou a assessora de comunicação Ana Lígia Pinto Lampugnani.

A falta de conscientização e o desrespeito à natureza ainda é flagrante na sociedade joinvilense. Este acúmulo no rio Cachoeira é perto do Mercado Público registrado em maio de 2013

A presidenta do COL também se anima com as palestras que serão realizadas nas escolas. “Vamos incentivar as crianças a cobrarem de seus pais que eles parem de jogar o esgoto das suas casas na rede pluvial, nas bocas-de-lobo”, explica a advogada Mônica da Silva Robert.
Fundos de casa de morador do bairro Bucarein

Com apenas 13 minutos, “o vídeo provoca no espectador um desejo, um sonho de ver o Cachoeira um rio onde se possa navegar, pescar, remar enfim, tê-lo de novo integrado como opção de lazer para os joinvilenses”, explica João Carlos Farias, que também é conhecido como “Dr. Água”.
Dezenas de capivaras moram no bairro Bucarein às margens do Cachoeira como se pode conferir nessa imagem captada em maio de 2013

Para o ambientalista, este sonho está cada vez mais próximo de se tornar realidade. “Se todos os domicílios da Bacia Hidrográfica do Rio Cachoeira se ligarem na rede pública de esgoto, a poluição será mínima”, acredita.
É surpreendente a diversidade da flora do rio Cachoeira. Esta imagem é também no bairro Bucarein, no mês de junho de 2013

Estima-se que mais de 80% da poluição destes rios seja por esgoto doméstico. Além disso, o Cachoeira é uma ria, ou braço de mar, explica o engenheiro sanitarista da Cia Águas de Joinville. “O Cachoeira sofre influência das marés, uma espécie de ‘lavagem’ de no mínimo duas vezes ao dia, por conta das suas oscilações. Se parar de poluir, em pouco tempo ele se recupera ambientalmente”, prevê Pedro Alacon.
Engenheiro sanitarista Pedro Alacon acredita na recuperação ambiental do rio Cachoeira

Ele tem apenas nove anos de idade e gostaria de poder fazer o mesmo que o avô fizera na sua juventude, tomar banho no rio Cachoeira. O desejo do morador do bairro Santo Antônio, o menino Caue Alexandre Espindola Correa, de um dia poder voltar a nadar no rio Cachoeira, é uma esperança cada vez mais próxima de se tornar possível.
A mãe Claudia Espindola Guega Correa (centro) e a tia Ariane Correa, no mês de maio acompanharam Caue Alexandre Espindola Correa no set de filmagem montado sobre a passarela em frente ao Centreventos Cau Hansen

Outro grave problema nos rios da região é o assoreamento. Seus leitos estão completamente "aterrados" sendo que em muitos trechos já não há mais o canal natural de navegação. O mesmo problema está cada vez mais agravado na Baía Babitonga. 
Rio Cachoeira no bairro Saguaçu com seu leito completamente assoreado fica exposto nas marés baixas

Para os ambientalistas do IVC, os governantes precisam continuar investindo e incentivando investimentos privados para o retorno da navegação nos rios de Joinville e região. "Se começarmos a usar nossos rios nas suas vocações naturais, esportivas e de lazer, naturalmente a sociedade vai se reeducando para a recuperação e preservação ambiental", acredita João Carlos Farias.
"A implantação da rede pública de coleta e tratamento de esgoto em 100% dos domicílios joinvilenses também promoverá enorme recuperação ambiental do ecossistema regional", defende Mônica da Silva Robert.

Saiba mais sobre o projeto "Se ligue no esgoto":
Diretoria do COL aprova vídeo e se diverte com making off da obra
COL conquista edital da Cia Águas de Joinville
Projeto "Se ligue no esgoto" na íntegra
Resultado do Edital de Patrocínio 01/2013 da Cia Águas de Joinville


Parceiros do projeto "Se ligue no esgoto":
IVC (Instituto Viva Cidade)
Bureau de Comunicação e Eventos
Jornal O Vizinho
Jornal O Joinvilense
Jornal O Garuvense
Jornal O Araquariense

Saiba mais sobre o COL noutras postagens neste blog

Formar líderes e oradores é missão do COL 
Superação do medo e da inibição 
Vídeo COL ênfase política
Vídeo COL ênfase liderança
Vídeo "O rio que teima pela vida"
COL forma mais 16 oradores

Bons oradores têm melhores cargos e salários
O maior medo do mundo tem cura
Melhor oradora e maior evolução
Escolas de jornalismo não ensinam oratória

Escola modelo é 100% meio ambiente
Matéria oficial sobre o evento no sítio da Prefeitura
A primeira confraternização do IVC
Eco-Escola entra em operação na inauguração da Gibiteca

Diretoria IVC Gestão 2012/2014 
Ambientalistas ajudam CEI
JOV (Jornal O Vizinho) 
Edição 798 do JOV (IVC continua defendendo retorno da navegacão) 
Edição 797 do JOV ( Ambientalistas focam a região de Joinville) 
Edição 796 do JOV (Ambientalistas propõem parcerias com o governo) 
Edição 795 do JOV (IVC quer lei desengavetada) 
Edição 794 do JOV (IVC agora é uma Oscip) 
Edição 793 do JOV (IVC agora é Instituto Viva Cidade) 
Edição 789 do JOV (Motoristas, cuidado! Jacaré na pista) 
Edição 788 do JOV (Alarme falso. Fritz está vivo) 
Edição 787 do JOV (Escola aproveita água da chuva) 
Edição 786 do JOV (IVC participa de Mostra de Educação Ambiental) 
Edição 785 do JOV (Alunos levam lixo para escola) 
Edição 784 do JOV (Dr. Água comanda o IVC) 
Edição 783 do JOV (Rio poluído é o centro das atenções de candidatos) 
Edição 781 do JOV (IVC faz alerta contra a politicagem) 
Edição 780 do JOV (O rio que teima pela vida) 
Edição 778 do JOV (Eco escola) 
Edição 777 do JOV (O rio que teima pela vida) 
Edição 776 do JOV (IVC presenteia Joinville) 
Edição 775 do JOV (Documentário ambiental em fase final) 
Edição 774 do JOV (Aproveitamento da água de chuva) 
Edição 773 do JOV (Um quilômetro de surpresas) 
Edição 769 do JOV (Clube de Oratória conquista patrocínio público) 
Edição 767 do JOV (Parceria entre ONG e CEI conquista patrocínio público) 
JOG (Jornal O Garuvense) 
Edição 071 do JOG (IVC faz doação à 23a. Gered) 
Edição 070 do JOG (IVC finaliza projeto Eco-Escola) 
Edição 058 do JOG (Ambientalistas ajudam CEI economizar 50% de água) 
Edição 055 do JOG (Eco Escola) 
Edição 051 do JOG (Bombeiros recebem a visita do Dr. Água.
Edição 049 do JOG (Água de chuva) 
Edição 048 do JOG (Trecho de rio vira documentário) 
Edição 045 do JOG (Parceria entre ONG e CEI conquista patrocínio público) 
JOA (Jornal O Araquariense) 
Edição 025 do JOA (IVC faz doação à 23a. Gered) 
Edição 010 do JOA (O rio que teima pela vida e Eco-Escola) 
Edição 005 do JOA (O rio que teima pela vida) 
Edição 003 do JOA (Como luva para Araquari)
JOI (Jornal O Joinvilense)
Edição 059 do JOI (IVC comemora)
Edição 057 do JOI (Eco-Escola é referência em Joinville)
Edição 056 do JOI (IVC quer lei desengavetada)
Edição 054 do JOI (A agonia que pode acabar) 

Edição 053 do JOI (Eco-Escola e o Rio que teima pela vida) 
Edição 052 do JOI (COL e IVC consagram título ao Dr. Água) 
Edição 051 do JOI (O rio que teima pela vida) 
Edição 050 do JOI (Água da chuva nos banheiros) 
Edição 048 do JOI (IVC apoia CEI e conquista patrocínio público) 

Leia mais sobre o COL noutras publicações:
JOV (Jornal O Vizinho) 
Edição 798 do JOV (Clube de Oratória & Cia Águas de Joinville
Edição 797 do JOV (COL também de engaja na conscientização ambiental)
Edição 796 do JOV (Se ligue no esgoto)
Edição 794 do JOV (Ela é a primeira) 

Edição 793 do JOV (Mulher Líder)
Edição 792 do JOV (Advogada vai liderar Clube de Oratória)
Edição 786 do JOV (COL faz parceria com Sindicato dos Radialistas)
Edição 777 do JOV (O rio que teima pela vida)
Edição 776 do JOV (Documentário ambiental em fase final)
Edição 775 do JOV (Jovens oradores)
Edição 769 do JOV (COL conquista patrocínio público)
Edição 753 do JOV (COL prepara curso de oratória)
Edição 751 do JOV (Oratória, ferramenta para o sucesso na carreira)
Edição 746 do JOV (Conselheiros do COL discutem sucessão) 

JOI (Jornal O Joinvilense)
Edição 062 do JOI (Mulher no comando)
Edição 057 do JOI (COL faz parceria com Sindicato dos Radialistas)
Edição 052 do JOI (COL e IVC consagram título ao Dr. Água)
Edição 051 do JOI (O rio que teima pela vida)
Edição 041 do JOI (Para superar a inibição)
Edição 038 do JOI (São Paulo deve ganhar um Clube de Oratória)
Edição 036 do JOI (COL mobiliza líderes em defesa do MP)
Edição 034 do JOI (COL realiza primeiro curso de oratória do ano) 

JOA (Jornal O Araquariense) 
Edição 024 do JOA  (Mulher vai liderar o Clube de Oratória) 
JOG (Jornal O Garuvense) 
Edição 070 do JOG (Advogada vai liderar Clube de Oratória) 
Edição 046 do JOG (Garuvense é orador premiado) 
Edição 009 do JOG (Formador de líderes e oradores)

sexta-feira, 5 de julho de 2013

UFPR & Clube de Oratória firmam parceria para formar empreendedores

Uma exemplar iniciativa da UFPR (Universidade Federal do Paraná) conta com o apoio do COL (Clube de Oratória e Liderança) de Joinville, SC. Trata-se do projeto "Mar Adentro" que  faz parte do Modelo Empreendedor, tema da monografia desenvolvida pelo graduando em oceanografia Marco Albrecht Schmalz, Vice Diretor de Projetos da Maris empresa júnior de Oceanografia e Aquicultura daquela renomada instituição de ensino.
A iniciativa da empresa júnior, que objetiva capacitar os participantes para o mercado de trabalho, tem parceria com o Camar (Centro Acadêmico da Universidade) e o COL Joinville.

Major da Polícia Militar Ambiental Adilson Sperfeld (direita) participou do Curso de Oratória e Liderança com Ênfase em Desinibição em julho de 2012 e recebeu o certificado do palestrante do evento de formatura, o ambientalista Leonardo Aguiar Morelli

O clube, criado em 1979, realiza cursos abertos a comunidade. De acordo com o major Sperfeld, "o curso efetivamente promove a mudança no comportamento perante plateia com a aplicação de técnicas específicas para discursos, aulas, palestras etc".Além dessa atividade, o COL também realiza cursos In Company priorizando parcerias com associações, universidades e entidades diversas. Como é o caso da recém parceria firmada com a UFPR, através do Campus do Pontal do Paraná.
Schmalz explica que a Maris tem como missão Empreender e aplicar os conhecimentos adquiridos em sala de aula e desenvolver consultorias e projetos, a fim de preparar os membros para o mercado de trabalho.
Como se pode conferir no estatuto do clube, entre os seus objetivos está "i) Estimular a eficiência e promover altos padrões éticos no desempenho dos negócios e das profissões".
O acadêmico destaca que uma das razões decisivas para essa parceria foi a facilidade e velocidade nas negociações "e principalmente pelo excelente nível do curso".
Anne Maia da Silva Gerber, técnica judiciária do Fórum de São Francisco do Sul, destaca como pontos positivos do curso a receptividade, a alegria e a dedicação do instrutor para o bom desempenho do curso

Previsto para acontecer nos dias 21 e 22 de setembro de 2013 (sábado e domingo), o coordenador do programa na UFPR explica que o curso será aberto a todos os interessados, sendo estes alunos de Oceanografia, Aquicultura, professores e funcionários e demais cursos e campus.
Schmalz informa ainda que o projeto “Mar Adentro” ofertará outros cursos que "não são encontrados nas grades curriculares de Oceanografia e Aquicultura, por preços acessíveis a realidade universitária". O de oratória foi um dos escolhidos após uma pesquisa de interesses com 101 participantes, que contemplou alunos, professores, funcionários e colaboradores do Centro de Estudos do Mar.
"A iniciativa servirá para dar conhecimentos técnicos para os participantes trabalharem as ideias despertadas nas “4as Empreendedoras” e também se capacitarem para o mercado de trabalho. Por isso “Mar Adentro”, pois estaremos nos preparando para enfrentar dificuldades e surpresas, semelhantes as tormentas dos mares, durante a jornada profissional".

"As Quartas Empreendedoras" levarão empresários e empreendedores da área ambiental, no intervalo de um mês, para palestrar e dividir as suas vivências e casos com o público do Centro de Estudos do Mar e demais convidados. "Com esta ação os participantes serão aguçados a identificarem novas tendências e oportunidades do mercado, e assim desencadear o espírito empreendedor", acredita Schmalz.
Nos cursos realizados em Joinville, acadêmicos de diversas instituições de ensino também são estimulados à participação por seus mestres.
Filipe Longarete (direita) assistiu palestra do Clube de Oratória na Semana de Engenharia Mecânica da Udesc, em Joinville; depois participou do curso e o recomenda porque "corrigiu as falhas que eu tinha no momento de falar em público e também os erros de comunicação que eu também vejo em amigos meus. Com certeza o curso poderá ajudá-los, como me ajudou"

Marco Albrecht Schmalz destaca que o "Modelo Empreendedor" tem como objetivo incentivar o empreendedorismo e dar conhecimento ao empreendedor. "Assim, foi analisado que a oratória é um diferencial para quem tentará nesta área e também para os participantes que irão seguir na área acadêmica".
Predominantemente prático, o curso programado para a UFPR tem as seguintes abordagens:


√ Exercícios práticos, filmagem e análises de adequações e inadequações
√ Análises de inadequações gramaticais, vícios e cacoetes de linguagem
√ A importância da linguagem corporal, expressão e impostação de voz
√ Subjetividades privatizadas do orador X ouvinte
√ Técnicas de apresentação no uso de quadro branco, quadro de giz, flip chart
√ Técnicas de apresentação com recursos audiovisuais e multimídia
√ Técnicas de produção de slides (Formato de letras, tamanhos, cores, imagens etc)
√ Técnicas de apresentação no uso de microfones (lapela, sem fio, pedestal)
√ Técnicas de leitura e de apresentação de objetos e materiais nos discursos
√ Técnicas de apresentação de improviso na defesa de idéias (argumentação eficaz)
√ Técnicas da autocrítica e contínuo aperfeiçoamento da oratória
√ Técnicas de postura, vestuário, posicionamento de palco e lay-out de ambientes
√ Técnicas de relaxamento e para afastar o nervosismo e a timidez
√ Técnicas para o desenvolvimento da autoconfiança e espontaneidade
√ Técnicas de apresentação de pessoas e autoridades
√ Técnicas para melhorar a dicção e eliminar cacoetes
√ Técnicas do discurso de agradecimento
√ Técnicas para falar na TV, rádio e dar entrevistas
√ Técnicas de preparação de discursos e apresentações com roteiros
√ Técnicas para se tornar um bom ouvinte (premissa para ser orador e líder)
√ Técnicas para falar com naturalidade, eficiência e espontaneidade
√ Técnicas para evitar o brando e o que fazer se isso ocorrer
√ Técnicas de aproveitamento de saberes de cada participante

Leia mais sobre o COL neste blog:

Clube de Oratória decide parcerias com a SDR Joinville e Ajidevi
Formar líderes e oradores é missão do COL
Superação do medo e da inibição
Vídeo "O rio que teima pela vida"
COL forma mais 16 oradores
Bons oradores têm melhores cargos e salários
O maior medo do mundo tem cura
Melhor oradora e maior evolução
Escolas de jornalismo não ensinam oratória


Leia mais sobre o COL noutras publicações:
JOV (Jornal O Vizinho)
Edição 797 do JOV (Clube de Oratória se engaja na conscientização ambiental
Edição 796 do JOV (Se ligue no esgoto)
Edição 794 do JOV (Ela é a primeira)
Edição 793 do JOV (Mulher Líder)
Edição 792 do JOV (Advogada vai liderar Clube de Oratória)
Edição 786 do JOV (COL faz parceria com Sindicato dos Radialistas)
Edição 777 do JOV (O rio que teima pela vida)
Edição 776 do JOV (Documentário ambiental em fase final)
Edição 775 do JOV (Jovens oradores)
Edição 769 do JOV (COL conquista patrocínio público)
Edição 753 do JOV (COL prepara curso de oratória)
Edição 751 do JOV (Oratória, ferramenta para o sucesso na carreira)
Edição 746 do JOV (Conselheiros do COL discutem sucessão)
JOI (Jornal O Joinvilense)
Edição 062 do JOI (Mulher no comando)
Edição 057 do JOI (COL faz parceria com Sindicato dos Radialistas)
Edição 052 do JOI (COL e IVC consagram título ao Dr. Água)
Edição 051 do JOI (O rio que teima pela vida)
Edição 041 do JOI (Para superar a inibição)
Edição 038 do JOI (São Paulo deve ganhar um Clube de Oratória)
Edição 036 do JOI (COL mobiliza líderes em defesa do MP)
Edição 034 do JOI (COL realiza primeiro curso de oratória do ano)
JOA (Jornal O Araquariense)
Edição 024 do JOA  (Mulher vai liderar o Clube de Oratória)
JOG (Jornal O Garuvense)
Edição 070 do JOG (Advogada vai liderar Clube de Oratória)
Edição 046 do JOG (Garuvense é orador premiado)
Edição 009 do JOG (Formador de líderes e oradores)