domingo, 11 de novembro de 2018

Quando o Estado é o criminoso

Há anos venho denunciando o órgão fiscalizador ambiental catarinense, atualmente Instituto de Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA/SC) antes, Fatma/SC.
Apesar das minhas denúncias, isso não quer dizer que todos os funcionários deste órgão pensem e ajam igual. Aliás, que fique registrado. A grande maioria dos servidores públicos deste órgão licenciador e fiscalizador ambiental é composta por pessoas da melhor vertente.
O grande problema reside naqueles que estão no poder decisório e a serviço dos governos em curso. Independente de governo, nestes últimos 30 anos, o que se confere é uma sequência de decisões políticas/partidárias/econômicas que ferem os servidores de carreira, os imobilizam, os calam em favor dos interesses de empresários e empreendimentos que visam única e exclusivamente o lucro.
A edição 842 do Jornal O Vizinho (JOV) é mais uma produção de jornalismo comprometido com a comunicação social na defesa do meio ambiente e, por essa razão, denuncia, mais uma vez, a parcialidade do órgão licenciador catarinense.
Uma das matérias em destaque de capa é o "Caos ambiental na Baía Babitonga".
 Capa da edição 842 do JOV destaca uma grande reportagem sobre a Baía Babitonga

 Na página dois destacamos em editorial o quanto o País vive um retrocesso ambiental que se potencializa com o presidente eleito Jair Bolsonaro.  E também outro tema que há anos o JOV vem priorizando, as Areias Descartáveis de Fundições (ADFs), com um artigo de especialista sobre o assunto.
ADFs é tema de especialista no assunto no Artigo do Leitor

Nem tudo é caos nesta edição do JOV. Na página 03 uma nota sobre importante premiação ambiental conquistada por associado de Oscip ambientalista apoiada pelo JOV faz um contraponto de esperança.
Dr. Água é um exemplo de que o cidadão é capaz de se mobilizar e produzir ações que possam contrapor o caos ambiental

E na página 04, na minha coluna, faço mais uma abordagem positiva com destaque para ações da sociedade civil organizada em defesa do meio ambiente, via uma das mais atuantes Oscips de Santa Catarina, o Instituto Viva a Cidade (IVC).
A página é completada com a matéria sobre o caos ambiental que se materializa num dos mais importantes estuários do Planeta, a Baía Babitonga. Que a leitura permita mobilizar mais cidadãos na defesa do meio ambiente.


Veja  mais investigações e denúncias ambientais relatadas neste blog
 

IVC confirma denúncia no Ministério Público Estadual Catarinense
Delegacia de Polícia Especializada em Crimes Ambientais é prioridade do IVC
Sociedade apoia criação de Delegacia de Polícia Especializada em Crimes Ambientais Acabou a cultura da impunidade
IVC faz denúncia de crime ambiental por uso de areias descartadas de fundições como matéria prima
BRF precisa se explicar pelo sumiço de enorme passivo ambiental em SC
Fenaj inicia 2018 prestando solidariedade a jornalista joinvilense
A maldade também se renova
Areias Mortais, uma catástrofe ambiental se encaminha
O desastre da Tupy não Vale?
Morte de Ambientalista. Aumentam suspeitas sobre Joinville
Ambientalista morto tem seu último pedido atendido
Denúncia de ambientalistas obriga Fatma a mudar procedimentos
Jornalismo continuado, denúncias têm desdobramentos
Sindicato analisa posicionamento em defesa de jornalista
Radialista alerta atitude perigosa da Tupy Fundições
Prossegue o embate sobre areias de fundição
Reação de gigante poluidor contra jornalista joinvilense
IVC denuncia prefeituras de Araquari e Balneário Barra do Sul
Defensoria Social e IVC denunciam prefeitura de Balneário Barra do Sul no MPF
IVC reage à graves violações
Loteamento com aterro de rejeitos é denunciado pela Defensoria Social
Minha casa, o fim da minha vida
"O GIGANTE acuado" já está na livraria
Acontecimentos inesperados, consequências de incalculáveis repercussões
Diálogos para um Brasil Sustentável
Livro de jornalista joinvilense é destaque em campanha nacional
Fui eleito Parceiro da Paz e Sustentabilidade
12/12/12, uma data enigmática
Defensoria Social escolhe Joinville

R$ 50 milhões de indenização
"Deus" tremendo filho da puta
IVC denuncia no MPF duplicação inadequada da Av. Santos Dumont
Joinville amplia seu "Muro de Berlim"
IVC e Defensoria Ambiental pedem embargo de obra da Rôgga em Joinville
Empreendimento da Rôgga em Joinville sofre resistência por supostos danos ambientais
Grupo empresarial Hera Sul tenta impedir minha liberdade de expressão
Sindicato manifesta apoio ao meu jornalismo investigativo
Empresas do PR são denunciadas por crimes ambientais e sonegação fiscal em SC
Governo catarinense é denunciado pela Defensoria Social e IVC
Imperdível, assustador, pois o veneno está à mesa
Barrancos, em Garuva (SC), terra-sem-lei
Uma arma à cabeça, um tiro. Jornalismo é profissão de risco

domingo, 16 de setembro de 2018

Clube de Oratória encerra projeto marcado por pioneirismo nacional

A noite de 15 de setembro foi marcada por emoção no auditório do SESC Joinville, SC, na apresentação das "Histórias que carrego comigo", contrapartida social do projeto patrocinado com recursos públicos do Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura (SIMDEC) 2016.
 Família Reis fez a sonoplastia ao vivo no espetáculo "Histórias que carrego comigo"

A obra foi o resultado do curso "A arte da oratória, com ênfase em contação de histórias, para cegos e deficientes visuais" que contou com a parceria do Clube de Oratória e Liderança (COL), Associação Joinvilense para Integração dos Deficientes Visuais (Ajidevi) e SESC Joinville.
O projeto, inédito no País, teve como foco a formação em cultura e consolidou o seu objetivo que era "Formar e qualificar líderes que sejam portadores de deficiência visual, natural ou adquirida, total ou parcial, na arte da oratória e contação de histórias".
Na noite de 14 de setembro apresentou-se o subgrupo das Saias, do Grupo de Contação de Histórias Iaciara, da Ajidevi

Após as 40 horas do curso, o que se pôde confirmar na apresentação que quase lotou o auditório do SESC, foi que os resultados esperados dos participantes de conhecerem, praticarem e dominarem técnicas do discurso oral para o enfrentamento de plateias as mais diversas e estarem capacitados a produzir apresentações artísticas da milenar arte de contar histórias, foram atingidos.
O artista Carlos Franzói, que assistiu aos dois espetáculos, no debate com o público, ao término da apresentação, desafiou a Ajidevi a dar continuidade à iniciativa. "Façam um projeto de circulação em outros locais de cultura e escolas. O que vimos aqui é o quanto a arte, a cultura, contribuem com a sociedade. Está mais que comprovado; comunidades que investem nesta área não precisam gerar enormes despesas com segurança, presídios, hospitais... Esse espetáculo precisa circular".
 Na noite de 15 de setembro apresentou-se o subgrupo Descalços, do Grupo de Contação de Histórias, Iaciara, da Ajidevi

Um dos maiores entusiastas do projeto, o ex-presidente Paulo Sérgio Suldóvski, comemorou com o público outro resultado esperado, que os participantes fossem qualificados para ocupar espaços de liderança na oratória e contação de histórias. "É o que pudemos confirmar aqui hoje. Os participantes romperam barreiras do preconceito, da timidez, da inibição e estão prontos para liderarem movimentos sociais e culturais para uma mais justa inserção das pessoas com deficiência visual na sociedade".
 Ao término das apresentações, a plateia interagiu com os atores e parceiros do projeto

Como propunha o projeto, a Ajidevi reúne condições de formar espetáculos de Contação de Histórias, mesclando os contadores que participaram da formação. Esta autonomia foi dada à entidade considerando que professoras, pedagogas e funcionárias da Ajidevi também participaram do curso. Algumas, ativamente na formação, outras passivamente, como "Anjos", que acompanharam os cegos e deficientes participando de todas as atividades dando-lhes suporte de movimentos durante o curso.
 Histórias pessoais adaptadas à contação emocionaram, divertiram e levaram a plateia à profundas reflexões

O gerente da Secretaria de Cultura e Turismo de Joinville (Secult) Tiago Furlan Lemos disse, no evento de formatura dos oradores, ser muito gratificante ver o que o Simdec proporciona à comunidade quando é bem aproveitado. "O dinheiro público deve ser bem investido, pois o que a sociedade paga como imposto deve retornar como serviço de qualidade. E neste projeto pudemos confirmar que o Simdec proporcionou cultura de qualidade para a cidade".
Tiago Furlan Lemos fez a entrega dos certificados no evento de formatura dos oradores. Aqui, para a formanda Marilza de Góes
O evento de formatura aconteceu na sede da Ajidevi e encerrou com um café de confraternização com formandos, familiares, autoridades e convidados

O conselheiro do Clube de Oratória e Liderança (COL),  Mário Lúcio Floriani, em seu pronunciamento no evento de formatura disse que é muito gratificante ver como o curso transforma as pessoas. "Quando a gente vê o que o COL promove, isso nos motiva esse caminhar de quase 40 anos, de formar e qualificar líderes e oradores".
Floriani, que já presidiu o COL no período de 2011 a 2013,  e está se preparando para mais uma gestão de dois anos a partir de abril de 2019, emocionou-se com os discursos de formatura. "Para nós, do COL, esse projeto foi um presente, pois quem mais aprende somos nós, com pessoas tão determinadas a superar dificuldades como é o caso dos formandos deste curso".
Para Marilza de Góes, a oportunidade de ter participado deste curso foi uma das atividades mais importantes da sua vida.  "Para mim este curso foi uma libertação da vergonha, da timidez. Foi muito especial. Eu nunca pensei em fazer um curso de oratória e liderança, porque nunca tive oportunidade. Não perdi essa. Tenho muito a agradecer a todos que nos proporcionaram isso".
 José Antonio dos Reis finalizou, com sua apresentação, as histórias do espetáculo

Alinhado com o objetivo 10 dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), de reduzir as desigualdades, o deficiente visual José Antonio dos Reis diz que eles são duplamente vítimas. "Da falta de visão e dessa sociedade violenta que nos discrimina e não nos ouve".
Segundo Reis, a expectativa com este curso era que ajudasse os participantes a se sentirem seguros para ocuparem espaços de liderança. "A sociedade precisa entender que também somos cidadãos. Também pagamos impostos. Também temos direitos. Precisamos dar voz das nossas demandas e esse curso nos ajudou muito para isso".
Agora, o COL e a Ajidevi pretendem buscar apoio público e privado para levar essa experiência exitosa à outros municípios.

Inscreva-se para o próximo Curso de Oratória e Liderança

Esta matéria está alinhada com Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU). Clique aqui e conheça os 17 ODS e suas 169 metas.

Saiba mais sobre o Clube de Oratória e Liderança - COL 
Acesse a página do COL no facebook
Saiba mais sobre a Associação Joinvilense para Integração dos Deficientes Visuais - Ajidevi
Acesse a página da Ajidevi no facebook

Leia mais sobre o COL neste blog:

Curso de Oratória, inédito no País, entra na reta final
Clube de Oratória e Liderança é signatário dos ODS da ONU
Mulheres agricultoras são foco do COL e IVC
Clube de Oratória e Ajidevi são parceiros em curso
COL e IVC agem em defesa da Baía Babitonga
Clube de Oratória se aproxima de número histórico
Ciclistas têm 50% de subsídio nos curso do Clube de Oratória
Clube de Oratória tem mais um reconhecimento público
COL forma mais 23 oradores na Polícia Militar Ambiental de Santa Catarina
Cursos do COL tem novo local de realização
COL e IVC eleitos para representar Joinville em evento nacional de meio ambiente
Escutatória é ênfase do próximo curso do Clube de Oratória e Liderança
Líderes festejam aniversário, posse de diretoria e formação de novos oradores
Loghaus investe na sua equipe e conta com o apoio do Clube de Oratória e Liderança
Vereadores mirins são formados pelo Clube de Oratória e Liderança em Joinville
Clube de Oratória elege nova diretoria e apoia curso para vereadores mirins em Joinville
Palestrante do COL tem excelente avaliação na VI Mutuação
COL tem novo sítio virtual na internet
Clube de Oratória renova parceria com a Polícia Militar Catarinense
No Dia do Rio COL encerra projeto "O Marinheiro do Rio Cachoeira"
Oratória para policiais militares ambientais
Projeto do COL estará na Virada da Educação 2015
Vídeo de projeto do COL já navega a internet
Clube de Oratória ajuda a desvendar "enigmas alienígenas" em rio de Joinville
COL e UFPR firmam parceria para formar empreendedores
UFPR e Clube de Oratória renovam parceria
Líderes que vão comandar o COL até 2017
Há 36 anos formando oradores e líderes, COL terá segunda mulher na presidência
Superação da timidez para falar em público
A morte do Juiz festeiro
Grandes decisões ao redor da mesa
A humildade burra
TIFO é o jeito certo de apresentar pessoas
Os maiores medos do mundo
Cada bunda um som
Trânsito e liderança
Chega ao fim projeto patrocinado pelo COL "Se ligue no esgoto"
Pode acreditar. É escola pública
Projeto do COL revela que espinheiros está se transformando no melhor bairro de Joinville
A oratória da liderança
Clube de Oratória decide parcerias com a SDR Joinville e Ajidevi
Formar líderes e oradores é missão do COL
Superação do medo e da inibição
Ascensão profissional através da leitura
Vídeo COL ênfase política
Uma mentira, de tão repetida, vira verdade
Vídeo COL ênfase liderança
Leitura e ascensão profissional
TOTVS investe em arma poderosa, a oratória
Vídeo "O rio que teima pela vida"
Bons oradores têm melhores cargos e salários
O maior medo do mundo tem cura
A importância da leitura na ascensão profissional
COL forma mais 16 oradores e empossa nova diretoria
Melhor oradora e maior evolução
Escolas de jornalismo não ensinam oratória
Comunicação é coisa difícil
Golpistas são excelentes oradores
Oratória para candidatos

sexta-feira, 14 de setembro de 2018

IVC atento à instalação do TGS da Golar em São Francisco do Sul, SC

Vítima de um insano número de licenciamentos ambientais para instalação de empreendimentos portuários, pelo menos um destes pode trazer benefícios à Baía Babitonga.
Apesar da grandiosidade do empreendimento que prevê investimentos de R$ 380 mi, o impacto ambiental no ecossistema é "praticamente zero", garantiu o diretor da Golar Power Latam, aos diretores do Instituto Viva a Cidade (IVC).
No encontro, Edson Real fez uma detalhada apresentação sobre a instalação do Terminal Marítimo de Gás Natural (TGS) que o grupo empresarial norueguês vai instalar em frente à Praia do Sumidouro, em São Francisco do Sul, SC.
Edson Real, Diretor da Golar Power Latam na América Latina, apresentou o projeto do TGS à diretoria do IVC na noite de 13 de setembro de 2018

Segundo Real, a Golar é uma empresa dedicada ao desenvolvimento de projetos de terminais de regaseificação de Gás Natural Liquefeito (GNL) e geração de energia, e está licenciando a instalação de uma unidade flutuante de regaseificação de gás natural no município de São Francisco do Sul, em Santa Catarina.
Conhecida como FSRU (Floating Storage and Regasification Unit), a embarcação terá capacidade de fornecer 15 milhões de metros cúbicos do combustível por dia para fomentar o desenvolvimento de indústrias locais, como a de cerâmica, de metal-mecânica e de vidro, além de suprir a demanda de termelétricas nas regiões próximas ao empreendimento. "A solução é ambientalmente sustentável e aumentará a segurança energética do Sul do País, após o término de parte dos contratos do gasoduto Brasil-Bolívia (Gasbol), em 2019", diz o diretor da empresa.
A unidade, batizada de Terminal Gás Sul (TGS), que será instalada na Baía Babitonga, não envolverá qualquer construção em terra, garantindo a máxima preservação das belezas naturais locais. O empreendimento vai gerar 22 empregos diretos para a operação da FSRU, além de renda para mais de 425 pessoas, no atendimento dos serviços indiretos de operação e manutenção do terminal. "Durante as obras de instalação outros 600 empregos serão gerados". 
A unidade de regaseificação (embarcação de 300 metros de comprimento) será transferida para Santa Catarina a partir das várias unidades que hoje compõem a frota da Golar no mundo. Ela será abastecida por navios metaneiros, numa média de duas a três vezes por mês. O empreendimento será o 5º do mesmo tipo realizado pela Golar, que já tem operações semelhantes na Croácia, Malásia e em Camarões.
De acordo com Real, a empresa é pioneira na integração entre a unidade de regaseificação e sua conexão com sistemas de geração de energia elétrica. "É o caso do projeto da CELSE em Sergipe, em que a Golar Power tem 50% de participação, tendo capacidade de oferecer soluções completas e mais eficientes na cadeia logística do gás natural".
O conselheiro do IVC, João Carlos Farias (Dr. Água), disse aos representantes da empresa o quanto a Oscip ambientalista se preocupa em proteger o ecossistema do estuário da Babitonga

Os ambientalistas do IVC têm como uma das suas principais bandeiras a proteção do ecossistema Babitonga. Edson real afirmou que a operação em embarcações tipo FSRU é, globalmente, considerada uma das mais seguras para o meio-ambiente e para os públicos no entorno da atividade. "O terminal flutuante de regaseificação não gera ruídos e não afeta a biodiversidade na região. Atividades de pesca e esportes náuticos não sofrem quaisquer impactos, tornando sua operação altamente sustentável em todos os níveis. Mas o que podemos adiantar é que a política global da Golar é de extrapolar as normas internacionais de Segurança, Saúde e de Sustentabilidade, tanto na fase de licenciamento prévio e instalação como durante a própria operação”, afirma o diretor.

Previsão do terminal marítimo entrar em operação é 2021

Edson Real destacou aos ambientalistas que seguindo uma vocação natural da empresa globalmente, o empreendimento trará uma série de impactos positivos para a população local da cidade de São Francisco do Sul. "Um deles é que, com a instalação do projeto, deverá haver uma grande área de preservação do mangue no entorno e da própria Biodiversidade local. Além disso, a empresa prevê o desenvolvimento de projetos de conservação ambiental, cultural e do patrimônio histórico, no município de São Francisco do Sul".

Audiências públicas estão sendo realizadas pelo Instituto de Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) nos municípios que serão envolvidos com o empreendimento. Uma já foi realizada em São Francisco do Sul. A próxima acontece dia 17/09/18, a partir das 19h, em Garuva, SC, à rua Eugênio Avanci, 402. "Aproveito para convidar os associados do IVC à participação das APs e também avaliar possibilidades de parcerias nos projetos que pretendemos apoiar na região".
Uma terceira AP deve acontecer, em breve, no município de Itapoá.
O presidente do IVC, Julium Schramm, encerrou o encontro afirmando que a diretoria vai acompanhar a instalação do empreendimento e avaliar "com carinho" a união de forças para a preservação e recuperação ambiental do ecossistema Babitonga.
Saiba mais sobre o projeto do TGS clicando aqui.


Saiba mais sobre o Instituto Viva a Cidade - IVC
 

Acesse o sítio virtual do IVC na internet
Acesse a página do IVC no facebook
Participe da próxima reunião do IVC e associe-se
Acesse documentação oficial da Oscip ambientalista

Saiba mais sobre o IVC neste Blog:
Oscip ambientalista elege nova diretoria para a gestão 2018/2020
Movimento ODS da ONU tem novas lideranças em Santa Catarina
Mulheres agricultoras são foco do IVC
Unidade de Conservação é tema do Grupo Pró-Babitonga
Reunião de governança do Movimento Nós Podemos tem participação destacada do IVC
IVC integra Comitê Executivo do GPB que tenta reverter fechamento do Ibama em Joinville
A maldade também se renova
Com maiores notas de avaliação IVC conquista prêmios do Edital Simdec 2016
Cartas do IV ECEA e IX FBEA
Diário do Fórum Brasileiro de Educação Ambiental
IVC e COL agem em defesa da Baía Babitonga
SC sedia um dos maiores eventos de EA do País
Vilagaia recebe biólogo do IVC em atividade de Educação Ambiental
IVC comemora 9 anos com fogueira, jantar e nova identidade visual
IVC recebeu troféu Onda Verde
IVC conquista a mais importante premiação ambiental do sul do País
IVC apresenta prioridade de pauta para vereadores joinvilenses
IVC se integra ao Movimento ODS instituído pela ONU
IVC apóia criação do Parque Botânico de Joinville
Unidade de Conservação na iminência de loteamento
GTEA recomenda projeto do IVC ao governo catarinense
IVC compõe o CNEA (Cadastro Nacional de Entidades Ambientais)
Empresas podem fazer doações dedutíveis de IR para projetos ambientais
IVC apoia iniciativa do governo catarinense
IVC expõe na Semana Lixo Zero
IVC tem encontro com área de meio ambiente do Porto de São Francisco do Sul
Candidatos se posicionam sobre "bandeiras" do IVC
IVC e Univille iniciam estudo de parceria com foco na Ilha da Rita na Baía Babitonga
IVC quer posicionamento de candidatos que disputam segundo turno em Joinville, SC
IVC conquista reconhecimento de UPE (Utilidade Pública Estadual)
IVC lança novo sítio na internet em evento do governo catarinense
Engenheira ambiental assume presidência do IVC
Estudantes têm encontro com IVC às margens do rio Cachoeira
IVC se consolida com o pioneirismo no meio ambiente
IVC finaliza projeto e escola se torna referência
Escola modelo é 100% meio ambiente
Matéria oficial sobre o evento no sítio da Prefeitura
A primeira confraternização do IVC
Eco-Escola entra em operação na inauguração da Gibiteca
Diretoria IVC Gestão 2012/2014
Ambientalistas ajudam CEI economizar mais de 50% de água
Água da chuva nos banheiros
Exposição fotográfica circula em escolas
Eco-Escola joinvilense
Documentário "O rio que teima pela vida"
O rio que teima pela vida
Projeto ambiental conquista recursos públicos
Duas ONGs comprometidas com o rio Cachoeira
Inauguração na escola Hermann Müller

Veja investigações e denúncias ambientais relatadas neste blog
 

IVC confirma denúncia no Ministério Público Estadual Catarinense
Delegacia de Polícia Especializada em Crimes Ambientais é prioridade do IVC
Sociedade apoia criação de Delegacia de Polícia Especializada em Crimes Ambientais Acabou a cultura da impunidade
IVC faz denúncia de crime ambiental por uso de areias descartadas de fundições como matéria prima
BRF precisa se explicar pelo sumiço de enorme passivo ambiental em SC
Fenaj inicia 2018 prestando solidariedade a jornalista joinvilense
A maldade também se renova
Areias Mortais, uma catástrofe ambiental se encaminha
O desastre da Tupy não Vale?
Morte de Ambientalista. Aumentam suspeitas sobre Joinville
Ambientalista morto tem seu último pedido atendido
Denúncia de ambientalistas obriga Fatma a mudar procedimentos
Jornalismo continuado, denúncias têm desdobramentos
Sindicato analisa posicionamento em defesa de jornalista
Radialista alerta atitude perigosa da Tupy Fundições
Prossegue o embate sobre areias de fundição
Reação de gigante poluidor contra jornalista joinvilense
IVC denuncia prefeituras de Araquari e Balneário Barra do Sul
Defensoria Social e IVC denunciam prefeitura de Balneário Barra do Sul no MPF
IVC reage à graves violações
Loteamento com aterro de rejeitos é denunciado pela Defensoria Social
Minha casa, o fim da minha vida
"O GIGANTE acuado" já está na livraria
Acontecimentos inesperados, consequências de incalculáveis repercussões
Diálogos para um Brasil Sustentável
Livro de jornalista joinvilense é destaque em campanha nacional
Fui eleito Parceiro da Paz e Sustentabilidade
12/12/12, uma data enigmática
Defensoria Social escolhe Joinville

R$ 50 milhões de indenização
"Deus" tremendo filho da puta
IVC denuncia no MPF duplicação inadequada da Av. Santos Dumont
Joinville amplia seu "Muro de Berlim"
IVC e Defensoria Ambiental pedem embargo de obra da Rôgga em Joinville
Empreendimento da Rôgga em Joinville sofre resistência por supostos danos ambientais
Grupo empresarial Hera Sul tenta impedir minha liberdade de expressão
Sindicato manifesta apoio ao meu jornalismo investigativo
Empresas do PR são denunciadas por crimes ambientais e sonegação fiscal em SC
Governo catarinense é denunciado pela Defensoria Social e IVC
Imperdível, assustador, pois o veneno está à mesa
Barrancos, em Garuva (SC), terra-sem-lei
Uma arma à cabeça, um tiro. Jornalismo é profissão de risco

sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Oscip Ambientalista elege nova diretoria para a gestão 2018-2020

O Instituto Viva a Cidade (IVC) cumprindo as determinações estatutárias elegeu e deu posso aos novos membros do Conselho de Administração e Conselho Fiscal que vai liderar a Oscip ambientalista de agosto de 2018 a agosto de 2020.

 Ao centro, o presidente do Instituto Viva a Cidade (IVC), Julium Schramm, no evento comemorativo aos dez anos de fundação da Oscip ambientalista
 
Veja quem são e o que dizem sobre a decisão de compor os respectivos conselhos, estas(es) ambientalistas: 

Conselho Administrativo Gestão 2018/2020

Presidente - Julio Augusto Schramm (33 anos)
Conheci e me associei ao IVC em 2014 através de Altamir Andrade, de quem fui vizinho na época. Aceitei o desafio de liderar o IVC na gestão 2018/2020 por saber da séria dedicação que orienta as ações das pessoas que participam do Instituto. Estes 10 anos foram de importantes conquistas através do comprometimento dos associados com questões tão necessárias na atualidade. Quero continuar contribuindo com este trabalho e recebo todo o apoio e confiança de pessoas experientes na luta pela preservação e recuperação da biodiversidade. Somos todos nós juntos os criadores do mundo em que desejamos viver. 
Ex - Presidenta Imediata - Tatiana Valencia Montero (31 anos)
Liderar o IVC por esses dois anos foi um grande privilégio e desafio. Ser voluntária em uma instituição que está alinhada ao meu propósito de contribuir para uma sociedade mais sustentável é gratificante, e ao mesmo tempo exige uma carga extra de “trabalho”. Assim, para equilibrar o voluntariado às minhas demais atividades e completar minha gestão com sucesso, foi essencial a colaboração dos associados (especialmente da diretoria). Tive o prazer de conhecer pessoas maravilhosas e inspiradoras que, por serem diferentes uma das outras, contribuíram com o meu crescimento e do IVC nesta jornada. Desejo muito sucesso à nova gestão e me coloco à disposição continuar a troca de conhecimentos e experiências, especialmente na construção de projetos socioambientais que multipliquem boas práticas na sociedade. Vice-Presidente - Daiane Couto da Cunha (37 anos)

Conheci o IVC através do Bureau de Comunicação e Eventos Ltda. Sou sócia fundadora. Sei da importância que esta honrada Oscip representa não só para a nossa cidade, mas para todo o País. É uma honra e orgulho fazer parte desta diretoria, na presidência do Julio Augusto Schramm, e com toda a equipe qualificada de profissionais associados ao IVC, que têm executado trabalhos importantes para e com a comunidade, desenvolvendo educação e conscientização ambiental e mantendo a fiscalização dos órgãos competentes.
Primeiro Secretário - Altamir A. Andrade (59 anos)
Sou um dos fundadores do IVC. Integro suas diretorias desde o início. É através do IVC que dou vazão à minha necessidade de praticar o voluntariado ambiental, sempre de forma comprometida com as comunidades onde nos inserimos com projetos ou ações. Com o IVC posse exercer o máximo da minha cidadania, ajudar o poder público e também cobrar os órgãos de governo para promover a educação, conscientização ambiental, defesa e recuperação do meio ambiente. O IVC transformou-se, desde agosto de 2008, numa das entidades com a qual mais realizei obras em parceria com os poderes públicos e a iniciativa privada. É com o IVC que tenho conhecido joinvilenses, catarinenses, brasileiros de inestimável valor. Por isso estou sempre pronto para colaborar, para integrar sua diretoria e poder atender, de pronto, os seus chamados.
Segundo Secretário - Mauro Ronchi (49 anos)
Conheci o IVC no premio Expressão Ecologia em Florianópolis em 2010 e estou associado desde 2011 por se tratar de uma OSCIP muito atuante na região norte de Santa Catarina. Estou nesta diretoria para contribuir com o IVC nas ações de voluntariado ajudando na preservação do meio ambiente.
Primeiro Tesoureiro - João Carlos Farias (54 anos)
Conheci o IVC através do Clube de Oratória e Liderança (COL) e participo desde 2012. Aceitei compor esta diretoria para apoiar o IVC em suas nobres ações em defesa do meio ambiente.

Segunda Tesoureira - Morgana de Souza da Rocha (40 anos)
 Conheci o IVC através de meu empregador Fernão Sérgio de Oliveira e estou associada desde 2010. Aceitei o desafio de compor esta diretoria porquê acredito nos propósitos da Oscip.

Conselho Fiscal Gestão 2018/2020

Primeiro Conselheiro Fiscal - Titular Giovani Soletti (37 anos)

Conheci o IVC através do ambientalista Altamir Andrade. Sou associado desde maio de 2018. Acredito na causa, quero poder contribuir e ao mesmo tempo aprender estando ao lado de pessoas extremamente capacitadas.
Segundo Conselheiro Fiscal Titular - Adilson Lopes da Silva (79 anos)
Conheci o IVC numa exposição fotográfica da Oscip no Mercado Público Municipal. Aceitei continuar na diretoria pela amizade que tenho com todos e pela luta que temos pela frente para proteger o meio ambiente. Essa luta vou continuar pelo resto da minha vida com o IVC.
Terceiro Conselheiro Fiscal Titular - Arthur Rancatti (28 anos)
Conheci o IVC através da Semana Lixo Zero 2015. Acredito no potencial de trabalho e impacto positivo do IVC e confio no Julium como um bom presidente.

Primeiro Conselheiro Fiscal Suplente - Roger Henrique Dalcin (26 anos)
Conheci o IVC através de uma matéria em jornal e sou associado desde 2016. Estou nesta diretoria para tentar contribuir com o meu conhecimento na preservação dos rios de Joinville e região.  

Segundo Conselheiro Fiscal Suplente - Thiago Zschornack (36 anos)
Conheci o IVC em 2012, nos editais de patrocínio da Companhia Águas e Joinville (CAJ). Considero o IVC uma das Oscips ambientais mais atuantes de Joinville.

Terceiro Conselheiro Fiscal Suplente - Lucas Cortez da Silva Tapajoz de Arruda (22 anos)
Conheci o IVC através do associado Julium Schramm. Aceitei o convite para esta diretoria pelo interesse maior de contribuir positivamente com a comunidade local. Para isso, um instituto que promove a educação ambiental, bem como o ativismo ambiental, fornece um terreno fértil para boas práticas e iniciativas que transformam a sociedade.




Vilagaia recebe biólogo do IVC em atividade de Educação Ambiental
IVC comemora 9 anos com fogueira, jantar e nova identidade visual
IVC recebeu troféu Onda Verde
IVC conquista a mais importante premiação ambiental do sul do País
IVC apresenta prioridade de pauta para vereadores joinvilenses
IVC se integra ao Movimento ODS instituído pela ONU
IVC apóia criação do Parque Botânico de Joinville
Unidade de Conservação na iminência de loteamento
GTEA recomenda projeto do IVC ao governo catarinense
IVC compõe o CNEA (Cadastro Nacional de Entidades Ambientais)
Empresas podem fazer doações dedutíveis de IR para projetos ambientais
IVC apoia iniciativa do governo catarinense
IVC expõe na Semana Lixo Zero
IVC tem encontro com área de meio ambiente do Porto de São Francisco do Sul
Candidatos se posicionam sobre "bandeiras" do IVC
IVC e Univille iniciam estudo de parceria com foco na Ilha da Rita na Baía Babitonga
IVC quer posicionamento de candidatos que disputam segundo turno em Joinville, SC
IVC conquista reconhecimento de UPE (Utilidade Pública Estadual)
IVC lança novo sítio na internet em evento do governo catarinense
Engenheira ambiental assume presidência do IVC
Estudantes têm encontro com IVC às margens do rio Cachoeira
IVC se consolida com o pioneirismo no meio ambiente
IVC finaliza projeto e escola se torna referência
Escola modelo é 100% meio ambiente
Matéria oficial sobre o evento no sítio da Prefeitura
A primeira confraternização do IVC
Eco-Escola entra em operação na inauguração da Gibiteca
Diretoria IVC Gestão 2012/2014
Ambientalistas ajudam CEI economizar mais de 50% de água
Água da chuva nos banheiros
Exposição fotográfica circula em escolas
Eco-Escola joinvilense
Documentário "O rio que teima pela vida"
O rio que teima pela vida
Projeto ambiental conquista recursos públicos
Duas ONGs comprometidas com o rio Cachoeira
Inauguração na escola Hermann Müller
Veja investigações e denúncias ambientais relatadas neste blog  
IVC confirma denúncia no Ministério Público Estadual Catarinense
Sociedade apoia criação de Delegacia de Polícia Especializada em Crimes Ambientais  Acabou a cultura da impunidade
IVC faz denúncia de crime ambiental por uso de areias descartadas de fundições como matéria prima
BRF precisa se explicar pelo sumiço de enorme passivo ambiental em SC
Fenaj inicia 2018 prestando solidariedade a jornalista joinvilense
A maldade também se renova
Areias Mortais, uma catástrofe ambiental se encaminha
O desastre da Tupy não Vale?  
Morte de Ambientalista. Aumentam suspeitas sobre Joinville
Ambientalista morto tem seu último pedido atendido
Denúncia de ambientalistas obriga Fatma a mudar procedimentos
Jornalismo continuado, denúncias têm desdobramentos
Sindicato analisa posicionamento em defesa de jornalista
Radialista alerta atitude perigosa da Tupy Fundições
Prossegue o embate sobre areias de fundição
Reação de gigante poluidor contra jornalista joinvilense
IVC denuncia prefeituras de Araquari e Balneário Barra do Sul
Defensoria Social e IVC denunciam prefeitura de Balneário Barra do Sul no MPF
IVC reage à graves violações
Loteamento com aterro de rejeitos é denunciado pela Defensoria Social
Minha casa, o fim da minha vida 
"O GIGANTE acuado" já está na livraria
Acontecimentos inesperados, consequências de incalculáveis repercussões
Diálogos para um Brasil Sustentável
Livro de jornalista joinvilense é destaque em campanha nacional
Fui eleito Parceiro da Paz e Sustentabilidade
12/12/12, uma data enigmática
Defensoria Social escolhe Joinville

R$ 50 milhões de indenização 
"Deus" tremendo filho da puta
IVC denuncia no MPF duplicação inadequada da Av. Santos Dumont
Joinville amplia seu "Muro de Berlim"
IVC e Defensoria Ambiental pedem embargo de obra da Rôgga em Joinville
Empreendimento da Rôgga em Joinville sofre resistência por supostos danos ambientais
Grupo empresarial Hera Sul tenta impedir minha liberdade de expressão
Sindicato manifesta apoio ao meu jornalismo investigativo
Empresas do PR são denunciadas por crimes ambientais e sonegação fiscal em SC
Governo catarinense é denunciado pela Defensoria Social e IVC
Imperdível, assustador, pois o veneno está à mesa
Barrancos, em Garuva (SC), terra-sem-lei
Uma arma à cabeça, um tiro. Jornalismo é profissão de risco
 

IVC confirma denúncia no MPSC

O advogado ambientalista do Instituto Viva a Cidade (IVC), Giovanni Soletti reuniu-se com o promotor público de Araquari, SC, Leandro Garcia Machado, para complementar com documentos e novas informações a denúncia que a Oscip ambientalista fez no Ministério Público Estadual (MPE).

Promotor Leandro Garcia Machado avalia a denúncia protocolada pelo IVC assessorado pelo advogado ambientalista Giovani Soletti

Soletti saiu animado do encontro por confirmar o comprometimento do MPE de Araquari com o meio ambiente. "O promotor e sua assessoria foram solícitos e prontamente atenderam nosso pedido para esse encontro", diz o advogado que também é membro da diretoria do IVC e atua no caso com atividade de voluntariado.
Soletti destaca que a edição de maio de 2018 do Jornal O Araquariense é um documento público oficial que confirma, com fatos e depoimentos, a denúncia da Oscip

Machado, que estava em férias na data da denúncia, não escondeu sua surpresa e preocupação com o que ouvia e recebia de documentos do advogado. 
"A denúncia revela graves riscos, perigo que as areias de fundições apresentam à saúde. O Ministério Público vai apurar o real risco do uso destas areias à qualquer fim que não seja a destinação ambientalmente adequada", diz o procurador.
Ele ainda afirma que a investigação será célere, por conta dos riscos denunciados. "Se ficar confirmado o potencial danoso, vamos tomar as providências para coibir a atividade empresarial em Araquari que usa estas areias como matéria-prima para calçadas e pavimentações, ainda que esteja licenciada com base numa legislação permissiva para além dos limites que estabelece a legislação federal".
O Instituto Viva a Cidade reafirmou ao promotor que seus profissionais estão à disposição para assessorar o MP no que for possível e necessário para ajudar a impedir que o solo de Araquari se transforme num dos mais contaminados com fenóis e metais pesados da composição das areias de fundições.
Acesse a edição 042 do JOA, na íntegra, neste link.

Esta matéria está alinhada com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU). Clique aqui e conheça os 17 ODS e suas 169 metas.  

Outras investigações e denúncias ambientais relatadas neste blog
Sociedade apoia criação de Delegacia de Polícia Especializada em Crimes Ambientais 
Acabou a cultura da impunidade
IVC faz denúncia de crime ambiental por uso de areias descartadas de fundições como matéria prima
BRF precisa se explicar pelo sumiço de enorme passivo ambiental em SC
Fenaj inicia 2018 prestando solidariedade a jornalista joinvilense
A maldade também se renova
Areias Mortais, uma catástrofe ambiental se encaminha
O desastre da Tupy não Vale?  
Morte de Ambientalista. Aumentam suspeitas sobre Joinville
Ambientalista morto tem seu último pedido atendido
Denúncia de ambientalistas obriga Fatma a mudar procedimentos
Jornalismo continuado, denúncias têm desdobramentos
Sindicato analisa posicionamento em defesa de jornalista
Radialista alerta atitude perigosa da Tupy Fundições
Prossegue o embate sobre areias de fundição
Reação de gigante poluidor contra jornalista joinvilense
IVC denuncia prefeituras de Araquari e Balneário Barra do Sul
Defensoria Social e IVC denunciam prefeitura de Balneário Barra do Sul no MPF
IVC reage à graves violações
Loteamento com aterro de rejeitos é denunciado pela Defensoria Social
Minha casa, o fim da minha vida 
"O GIGANTE acuado" já está na livraria
Acontecimentos inesperados, consequências de incalculáveis repercussões
Diálogos para um Brasil Sustentável
Livro de jornalista joinvilense é destaque em campanha nacional
Fui eleito Parceiro da Paz e Sustentabilidade
12/12/12, uma data enigmática
Defensoria Social escolhe Joinville

R$ 50 milhões de indenização 
"Deus" tremendo filho da puta
IVC denuncia no MPF duplicação inadequada da Av. Santos Dumont
Joinville amplia seu "Muro de Berlim"
IVC e Defensoria Ambiental pedem embargo de obra da Rôgga em Joinville
Empreendimento da Rôgga em Joinville sofre resistência por supostos danos ambientais
Grupo empresarial Hera Sul tenta impedir minha liberdade de expressão
Sindicato manifesta apoio ao meu jornalismo investigativo
Empresas do PR são denunciadas por crimes ambientais e sonegação fiscal em SC
Governo catarinense é denunciado pela Defensoria Social e IVC
Imperdível, assustador, pois o veneno está à mesa
Barrancos, em Garuva (SC), terra-sem-lei
Uma arma à cabeça, um tiro. Jornalismo é profissão de risco

Saiba mais sobre o Instituto Viva a Cidade - IVC
Acesse o sítio virtual do IVC na internet
Acesse a página do IVC no facebook
Participe da próxima reunião do IVC e associe-se
Acesse documentação oficial da Oscip ambientalista

Saiba mais sobre o IVC neste Blog: 
Unidade de Conservação é tema do Grupo Pró-Babitonga
Reunião de governança do Movimento Nós Podemos tem participação destacada do IVC
IVC integra Comitê Executivo do GPB que tenta reverter fechamento do Ibama em Joinville
A maldade também se renova
Com maiores notas de avaliação IVC conquista prêmios do Edital Simdec 2016
Cartas do IV ECEA e IX FBEA
Diário do Fórum Brasileiro de Educação Ambiental
IVC e COL agem em defesa da Baía Babitonga
SC sedia um dos maiores eventos de EA do País

Vilagaia recebe biólogo do IVC em atividade de Educação Ambiental
IVC comemora 9 anos com fogueira, jantar e nova identidade visual
IVC recebeu troféu Onda Verde
IVC conquista a mais importante premiação ambiental do sul do País
IVC apresenta prioridade de pauta para vereadores joinvilenses
IVC se integra ao Movimento ODS instituído pela ONU
IVC apóia criação do Parque Botânico de Joinville
Unidade de Conservação na iminência de loteamento
GTEA recomenda projeto do IVC ao governo catarinense
IVC compõe o CNEA (Cadastro Nacional de Entidades Ambientais)
Empresas podem fazer doações dedutíveis de IR para projetos ambientais
IVC apoia iniciativa do governo catarinense
IVC expõe na Semana Lixo Zero
IVC tem encontro com área de meio ambiente do Porto de São Francisco do Sul
Candidatos se posicionam sobre "bandeiras" do IVC
IVC e Univille iniciam estudo de parceria com foco na Ilha da Rita na Baía Babitonga
IVC quer posicionamento de candidatos que disputam segundo turno em Joinville, SC
IVC conquista reconhecimento de UPE (Utilidade Pública Estadual)
IVC lança novo sítio na internet em evento do governo catarinense
Engenheira ambiental assume presidência do IVC
Estudantes têm encontro com IVC às margens do rio Cachoeira
IVC se consolida com o pioneirismo no meio ambiente
IVC finaliza projeto e escola se torna referência
Escola modelo é 100% meio ambiente
Matéria oficial sobre o evento no sítio da Prefeitura
A primeira confraternização do IVC
Eco-Escola entra em operação na inauguração da Gibiteca
Diretoria IVC Gestão 2012/2014
Ambientalistas ajudam CEI economizar mais de 50% de água
Água da chuva nos banheiros
Exposição fotográfica circula em escolas
Eco-Escola joinvilense
Documentário "O rio que teima pela vida"
O rio que teima pela vida
Projeto ambiental conquista recursos públicos
Duas ONGs comprometidas com o rio Cachoeira
Inauguração na escola Hermann Müller