quinta-feira, 21 de novembro de 2013

TIFO é o jeito certo de apresentar pessoas

Foi no último Curso de Oratória e Liderança com Ênfase em Apresentações (In Company, na TOTVS), deste ano, que mais uma técnica do treinamento foi aprimorada. O evento, que aconteceu no auditório da empresa, em Joinville, no mês de novembro, contou com a participação de 14 profissionais.

Lucas Vinicius Schiochet e Fernando César Gonçalves, profissionais da TOTVS Joinville, também investiram nas suas qualificações.

Enfatizo nos cursos: Tudo que um orador quer é um bom começo. Todavia, não é incomum que a sua apresentação seja feita de forma equivocada por um terceiro. Com isso, o palestrante é iniciado à plateia constrangido ou incompleto.
Para evitar esse quadro indesejado, há técnica. Como em tudo na oratória! Não existe essa história de "dom". Oratória é técnica.  Vou descrever a de apresentação de pessoas.
O acróstico mnemônico é: TIFO.
Suponha que você decidiu acompanhar um amigo numa palestra.
Você só queria a companhia dele e não estava nem aí para o evento.
Você não sabia quem era o palestrante nem o assunto. Lá chegando, e para sua surpresa, os organizadores do evento pediram para você apresentar o palestrante.
Com a técnica, a sua resposta pode ser "sim" e fará bonito.
Vá até ao palestrante com uma caneta e um papel do tamanho de um cartão de visita. Pode ser um cartão seu se o verso estiver em branco.
Cumprimente o palestrante, se identifique, explique que lhe foi solicitada a tarefa de apresentá-lo à plateia e que precisa de algumas informações. 
1- Pergunte e anote o nome completo do Orador. Se for um nome ou sobrenome estrangeiro, escreva como se pronuncia
2- Pergunte o Tema da palestra
3- Pergunte porque esse tema é Importante e anote uns dois ou três pontos
4- Pergunte a Formação escolar e profissional dele.
Com estas respostas você aplica a técnica e faz bonito, pois já tem o que precisa para apresentá-lo.

Deixe o cartão no bolso e, quando for chamado, vá a frente da plateia e faça a apresentação nesta ordem:
1- Tema, o nome da palestra
2- Importância, do tema ou assunto
3- Formação escolar e profissional do orador, palestrante
4 - Orador, seu nome completo. 
A sua fala seria mais ou menos assim:
"Estamos aqui para ouvir a palestra (Tema da palestra).
O tema é Importante, pois... (destaque duas ou três razões).
O palestrante é Formado em (graduação, pós, mestrado, doutorado), especialista no assunto (aponte algum projeto ou empresa onde tenha atuado profissionalmente sobre o Tema).
Convido para receber com uma calorosa salva de palmas o Orador (nome completo do palestrante)".
Viu só? Em mais ou menos um minuto você faz uma apresentação adequada seguindo o roteiro (acróstico mnemônico) TIFO.
Esse novo roteiro vai compor as apostilas dos cursos do COL (Clube de Oratória e Liderança), daqui para a frente. Agora, destaco uma das participantes do curso. Veja como se apresentou a analista de sistemas da TOTVS no início:

Veja, agora, a apresentação dela com apenas doze horas de treinamento:

Como se pode conferir, há mudanças. A comunicação visual é impactante por conta do vestuário. No segundo vídeo a profissional está vestida mais adequadamente para atuar como palestrante, oradora. Roupas, acessórios, cabelos, postura etc comunicam muito e, na maioria das vezes, provocam 'ruídos na comunicação' atrapalhando-a.
Mas, as mudanças também são perceptíveis na voz, gestos, olhar etc. Como já disse, oratória é técnica, e em poucas horas facilmente se qualifica um orador, palestrante que esteja decidido à aplicá-las, comprometido com o seu desenvolvimento, como foi o caso dos participantes deste curso na TOTVS.
O consultor de negócios da empresa, Fernando César Gonçalves, diz que o curso mostrou que está nele a solução para vencer o medo de falar em público. "É dinâmico, incentivador, descontraído, prático. Com certeza ajuda muito quem tem dificuldades de vencer as barreiras da timidez, o nervosismo de falar em público".
O analista de sistemas Lucas Vinicius Schiochet destaca como um dos pontos positivos do curso a oportunidade de fazer apresentações práticas e "ser criticado de forma construtiva levando você a perceber detalhes, erros que não tinha reconhecido. É extremamente construtivo. Valeu a pena e a evolução foi perceptível".
A também analista de sistemas Susete Alves Eccher aconselha que todos na empresa deveriam fazer o curso. "É muito bom. Aprendi várias técnicas que desenvolvem a nossa habilidade de comunicação".

O pesquisador João Francisco Moretti da Silva avalia que o curso aprimora habilidades que podem ser o diferencial na vida pessoal e profissional

E depois de ter sido apresentado, como deve iniciar a sua palestra o orador? Aqui também, a maioria começa colocando a plateia contra si, transformando-a num grupo de maleducados. A técnica, para evitar esse mal início, revelo numa próxima postagem. Veja outras já apresentadas em textos anteriores:

Leia mais sobre o COL (Clube de Oratória e Liderança) neste blog:
A humildade burra
Totvs investe em arma poderosa

Os maiores medos do mundo  
Cada bunda um som  
Trânsito e liderança 
A oratória da liderança  
COL e UFPR firmam parceria para formar empreendedores   
Clube de Oratória decide parcerias com a SDR Joinville e Ajidevi 
Formar líderes e oradores é missão do COL  
Superação do medo e da inibição   
Vídeo COL ênfase política  
Vídeo COL ênfase liderança 
Vídeo "O rio que teima pela vida" 
COL forma mais 16 oradores 
Bons oradores têm melhores cargos e salários 
O maior medo do mundo tem cura 
Melhor oradora e maior evolução 
Escolas de jornalismo não ensinam oratória   
Comunicação é coisa difícil  
Golpistas são excelentes oradores 
Oratória para candidatos 
Livro com resgate histórico dos primeiros 25 anos do COL 
CEO - Curso de Especialização em Oratória com Ênfase em Liderança

Leia mais sobre o COL noutras publicações: 
JOV (Jornal O Vizinho)  
Edição 803 do JOV (IVC comemora 5 anos em parceria com o COL
Edição 802 do JOV (O TDAH e acidentes de trânsito) 
Edição 800 do JOV (COL faz parceria com a UFPR; Vídeo é liberado na internet)   
Edição 799 do JOV (Vídeo é liberado na internet; COL faz parceria com a UFPR)   
Edição 798 do JOV (Clube de Oratória & Cia Águas de Joinville)   
Edição 797 do JOV (Clube de Oratória se engaja na conscientização ambiental 
Edição 796 do JOV (Se ligue no esgoto)  
Edição 794 do JOV (Ela é a primeira)
Edição 793 do JOV (Mulher Líder)
Edição 792 do JOV
 (Advogada vai liderar Clube de Oratória)   
Edição 786 do JOV (COL faz parceria com Sindicato dos Radialistas)   
Edição 777 do JOV (O rio que teima pela vida)   
Edição 776 do JOV (Documentário ambiental em fase final)   
Edição 775 do JOV (Jovens oradores)   
Edição 769 do JOV (COL conquista patrocínio público)   
Edição 753 do JOV (COL prepara curso de oratória)   
Edição 751 do JOV (Oratória, ferramenta para o sucesso na carreira)   
Edição 746 do JOV (Conselheiros do COL discutem sucessão)  
JOI (Jornal O Joinvilense)
Edição 064 do JOI (Vídeo já está vídeo na internet; Parceria COL & UFPR) 
Edição 062 do JOI (Mulher no comando)   
Edição 057 do JOI (COL faz parceria com Sindicato dos Radialistas)   
Edição 052 do JOI (COL e IVC consagram título ao Dr. Água)   
Edição 051 do JOI (O rio que teima pela vida)   
Edição 041 do JOI (Para superar a inibição)   
Edição 038 do JOI (São Paulo deve ganhar um Clube de Oratória)   
Edição 036 do JOI (COL mobiliza líderes em defesa do MP)   
Edição 034 do JOI (COL realiza primeiro curso de oratória do ano)  
JOA (Jornal O Araquariense)
Edição 027 do JOA (UFPR e Clube de Oratória firmam parceria)  
Edição 026 do JOA (Se ligue no esgoto)   
Edição 024 do JOA  (Mulher vai liderar o Clube de Oratória) 
JOG (Jornal O Garuvense)   
Edição 073 do JOG (Público já pode acessar vídeo na internet)   
Edição 072 do JOG (COL se engaja na conscientização ambiental)   
Edição 070 do JOG (Advogada vai liderar Clube de Oratória)   
Edição 046 do JOG (Garuvense é orador premiado) 
Edição 009 do JOG (Formador de líderes e oradores

Nenhum comentário:

Postar um comentário