sexta-feira, 1 de junho de 2012

O carisma do Dr. Água

Ele nasceu no Dia Mundial da Água, 22 de março. Veio morar numa das cidades que mais chove no mundo, Joinville, SC. Especializou-se em sistemas e projetos de economia de água. Agora dissemina o aproveitamento da água de chuva. Este é o Dr. Água, ou João Carlos Farias, ambientalista do IVC (Instituto Viva o Cachoeira).
O que este administrador vem construindo é também uma personagem carismática. O Dr. Água já tem muitos fãs, como a estudante Rebeca da Silva de Campos, dez anos, da quarta série, da Escola de Educação Básica Professora Alícia Bittencourt Ferreira, no bairro Profipo, zona sul de Joinville, SC. A menina quis uma foto ao lado do Dr. Água.
Desde o ano passado (2011), em parceria com a Fundema de Joinville, o IVC vem implantando sistema de captação, reservação, tratamento e aproveitamento de águas de chuvas em Joinville.
A primeira obra foi no CEI Fátima, em bairro do mesmo nome, que já vem colhendo economia financeira com redução na conta de água da rede pública que já ultrapassa os 35% nos três primeiros meses do sistema em funcionamento.

Agora, com outro projeto (Eco-Escola), uma da comunidade rural, a Extensão da Escola Municipal Rural Hermann Müller, em Pirabeiraba, Distrito de Joinville.
Faz parte do projeto disseminar o sistema noutras instituições de ensino do município e semanalmente o Dr. Água tem alguma palestra sendo realizada.
O tema das palestras é assunto sério, mas o Dr. Água provoca algumas risadas com tiradas bem humoradas. Na tarde do dia 31 de maio pude acompanhar mais uma atuacão e conferir várias crianças fotografando com os seus celulares o ambientalista. E no fim do evento algumas queriam fotos ao lado dele. É o carisma do Dr. Água. 
Além da palestra o evento é acompanhado de exposição fotográfica. Imagens do rio Cachoeira, considerado um dos mais poluídos de Santa Catarina, surpreendem estudantes e professores.
Um conjunto de 50 fotos é exposta em salas e corredores das escolas. Muitas revelam crimes ambientais recentes, mas também uma quase inacreditável biodiversidade.
Outro elemento é o vídeo que faz a abertura da palestra, "O rio que teima pela vida". 

Antes da projeção o Dr. Água pergunta se o rio está morto ou vivo. A resposta é unânime: "morto". Após a projeção do vídeo a mesma pergunta, e a resposta da maioria é oposta:"vivo".
Para quem diz que "dinheiro não cai do céu", o Dr. Água quebra esse paradigma e comprova que em Joinville cai muito dinheiro do céu, sob a forma de água, da chuva.

Leia mais sobre os temas neste blog:
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2012/05/exposicao-fotografica-circula-em.html
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2012/05/eco-escola-joinvilense.html
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2012/03/documentario-o-rio-que-teima-pela-vida.html
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com.br/2012/03/o-rio-que-teima-pela-vida.html
http://www.jornalistaandrade.blogspot.com/2011/11/projeto-ambiental-conquista-recursos.html

Leia mais sobre os temas noutras publicações:
JOV (Jornal O Vizinho)
Edição 778 do JOV (Eco escola)
Edição 777 do JOV (O rio que teima pela vida)
Edição 776 do JOV (IVC presenteia Joinville)
Edição 775 do JOV (Documentário ambiental em fase final)
Edição 774 do JOV (Aproveitamento da água de chuva)
Edição 773 do JOV (Um quilômetro de surpresas)
Edição 769 do JOV (Clube de Oratória conquista patrocínio público)
Edição 767 do JOV (Parceria entre ONG e CEI conquista patrocínio público)
JOG (Jornal O Garuvense)
Edição 051 do JOG (Bombeiros recebem a visita do Dr. Água)
Edição 049 do JOG (Água de chuva)
Edição 048 do JOG (Trecho de rio vira documentário)
Edição 045 do JOG (Parceria entre ONG e CEI conquista patrocínio público)
JOA (Jornal O Araquariense)
Edição 005 do JOA (O rio que teima pela vida)
Edição 003 do JOA (Como luva para Araquari)
JOI (Jornal O Joinvilense)
Edição 052 do JOI (COL e IVC consagram título ao Dr. Água)
Edição 051 do JOI (O rio que teima pela vida)
Edição 050 do JOI (Água da chuva nos banheiros)
Edição 048 do JOI (IVC apoia CEI e conquista patrocínio público)

Nenhum comentário:

Postar um comentário