sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

"Solar" Leitura de Férias

Férias, Leituras e Reflexões na Ilha das Flores
Mais de uma centena de ilhas compõem o ecossistema da Baía Babitonga. Um lugar paradisíaco que poucos conhecem e menos ainda desfrutam. Há mais de dez anos este ponto geográfico do planeta tem propiciado meus melhores encontros, principalmente com a natureza, apesar de toda a degradação ambiental promovida pela ocupação irregular e desenfreada das margens de rios, lagoas e litorais, bem como os desmatamentos de remanescentes originais de Mata Atlântica e mangues. Meu brinquedinho favorito me permite esses inesquecíveis encontros.

Algumas ilhas praticamente ninguém nelas pisam. Especiais para o isolamento que algumas vezes necessito. Outras são pontos turísticos de embarcações que trazem algumas dezenas de visitantes que caminham pelas areias finas ou molham seus pés onde micro ondas rebentam suspendendo milhares de pontos dourados do conhecido "ouro de tolo". Esses visitantes têm apenas meia hora para esse contato. Durante um dia na Ilha das Flores, o silêncio é quebrado pelo tagarelar dos deslumbramentos apenas uma vez no período da manhã e outra no da tarde.

O nome da ilha é perfeitamente compreendido, mas que também é rodeada de pedras com suas bases - até onde a água as cobre nos picos de marés altas -, cobertas de ostras. Mangue é o nome da planta que suas folhas são alimento dos saborosos carangueijos. A árvore empresta seu nome para todo esse ecossistema que é o útero e a maternidade do Planeta Terra.


Impressiona ver a capacidade dessa planta se adaptar em local aparentemente tão estéril e produzir árvores de singular beleza. Elegantes.

Escrevo muito mais do que leio. Nos meus descansos, nos períodos de curtas férias, livros me acompanham.
Foi nesse ambiente que li, em dois dias, "Solar", de Ian McEvan. Ficção da melhor realidade, é uma leitura imperdível, de romance ficcional. Foi nesse mesmo ambiente geográfico que noutras curtas férias li duas obras citadas em "Solar". De Jared Diamond, "Colapso" e "A Vingança de Gaia", de James Lovelock. Sugiro a quem ainda não as leu que o faça nessa ordem: Solar, A Vingança de Gaia e Colapso.


Agora estou lendo meu presente de Natal: "A Sangue Frio", de Truman Capote. Já assisti o filme. Duas excelentes obras. Boas Festas de Ano Novo. Até 2011.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Vida Teimosa

Na sede campestre do Clube Sírio Libanês de Curitiba, PR, pereiras demonstram como os seres vivos têm na sua essência a vida. Uma delas, particularmente, como mostram as imagens feitas no dia 19 de dezembro de 2010, comprova a luta por manter-se viva e perpetuar-se.

Ao olhar para cima seus galhos carregados de frutas, para o observador amador, não revelam que a árvore esteja tão doente.
Com certeza um especialista reconheceria de longe que a pereira não estivesse saudável.

Ainda observando-a num recorte mais amplo os galhos frondosos enganam. Majestosa, a árvore compõe um conjunto que enche de frutos o gramado.
Quando o olhar do observador desce para esse nível tem-se o impacto de ver-se o inacreditável.


O que deveria ser o tronco reduziu-se apenas à fina casca. Seu cerne não mais existe. A frágil estrutura dá mínimas condições à pereira para manter-se viva e produzir muitos frutos que carregam suas sementes e que podem gerar outras árvores.

À altura dos olhos e no plano horizontal o detalhe revela ainda mais a fragilidade da estrutura que deveria ser o tronco. Há alguns anos que essa pereira vem morrendo. Mas, viver é a força mais instintiva de qualquer ser. Se um vendaval não passar por ali ela deve "teimar" por mais alguns anos de vida.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Ícones da bruxa do "Sótão"

Cenário original encontrado numa das casas da Tacolindner

A partir da decisão de produção do espetáculo "Sótão" alguns momentos foram marcantes. O primeiro encontro já relatado neste blog tem detalhes de contextualização. O que precisamos destacar um pouco mais foi a solicitude do empresário e ex-vereador Gilmar Ferreira. Aquele primeiro encontro do grupo deu início ao processo criativo do espetáculo e o ambiente proporcionado pelo sítio e a casa foram decisivos ao resultado final da peça.
Harry Lindner demonstrou entusiasmo ao projeto do Sótão. "Se é para isso (produção do espetáculo do teatro) podem usar tudo aqui a vontade".

Outro encontro destaca-se no processo criativo e contou com o apoio da família Lindner. Cumpre à produção agradecer ao empresário Harry Lindner que prontamente abriu as portas da empresa liberando um encontro noturno numa das casas na propriedade às margens da BR 101. Desde aquele evento que o grupo se anima para a produção de um vídeo ou de filme no local. O assunto começa a tomar corpo na intenção.
Estes dois encontros (sítio do Ferreira e empresa Tacolindner) foram preciosos para a definição do espetáculo.

Leia mais sobre o "Sótão" neste blog:
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2010/12/dois-dos-bastidores-do-sotao.html
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2010/11/tateando-ao-redor-do-sotao.html
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2010/11/sotao-retorna-em-marco-no-aniversario.html
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2010/11/retire-o-seu-ingresso-com-uma-hora-de.html
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2010/11/selecao-de-fotos-do-sotao-para-imprensa.html
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2010/11/bruxas-e-lobisomens-do-sotao.html
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2010/11/folder-do-sotao.html
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2010/11/em-cartaz-sotao.html
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2010/10/sotao-estreia-no-sesc-joinville.html
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2010/05/o-encontro-do-santo-com-o-lobisomem.html
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2010/05/lobisomem-do-sotao.html
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2010/04/carlos-franzoi-no-sotao.html
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2009/10/sotao-premiado.html

Mais informações: 47 3433.9121 – Ipê Produções, produtor@ipeproducoes.com.br

Ficha técnica:
Apresentação: Grupo Roca de Teatro
Direção: Ilaine Melo e Franzoi
Dramaturgia: Ilaine Melo
Atuação: Ilaine Melo e Muriel Szym
Cenografia e figurino: Franzoi
Cenotécnica: Altamir Andrade
Iluminação e som: Maíra Correia Lemos
Apoio: Fernando Felippi
Direção musical e trilha sonora original: Fábio Cabelo
Material gráfico: Iago Sartini
Foto da arte gráfica: Cassios Nogueira
Fotos do espetáculo: Pena Filho
Produção: Ipê Produções
Apoio: SESC/SC Joinville, Dionisos Teatro e MAJ - Museu de Arte de Joinville
Patrocínio: JOV - Jornal O Vizinho
Realização: Edital Elizabete Anderle de Incentivo à Cultura da Fundação Catarinense de Cultura do Governo do Estado de SC
Origem: Histórias de Nossa Gente, projeto premiado pelo Governo Federal com o Prêmio Miriam Muniz da Funarte

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Dois dos bastidores do Sótão

Maíra não resistiu. Que bom!
Maíra ensaia luz e som com apoio do técnico de som e luz do Sesc, Júlio César Schwochow

Maíra vinha acompanhando alguns ensaios. Quando percebeu que podia se envolver o fez com dedicação. A iluminação do espetáculo foi precisa, com tão pouco treino. Agora, ela está na equipe. Seja bem vinda.

Ela não foi a única. Um contra-regra foi contratado para ajudar na divulgação. Fernando fez a colagem de mais de 200 cartazes pela cidade e distribuiu cinco mil filipetas. Dedicado, convidamos para ajudar nas três noites de apresentação. Solícito. Sempre que ele puder será convidado a acompanhar o espetáculo. Em menos de meia hora Fernando deixou o teatro vazio. Cenário completamente desmontado e dentro da pick-up.

Fernando preparando o cenário no camarim do teatro do Sesc Joinville

Hoje, 23 de março de 2013, volto a esta postagem que fiz em 01 de dezembro de 2010. Como o tempo voa!
Agora, para lamentar a perda desse menino que tanto me ajudou na nossa empresa quanto neste espetáculo. Aos familiares e amigos do Fernando Felippi, nossos mais profundos sentimentos de solidariedade.

Leia mais sobre o "Sótão" neste blog:
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2010/11/tateando-ao-redor-do-sotao.html
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2010/11/sotao-retorna-em-marco-no-aniversario.html
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2010/11/retire-o-seu-ingresso-com-uma-hora-de.html
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2010/11/selecao-de-fotos-do-sotao-para-imprensa.html
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2010/11/bruxas-e-lobisomens-do-sotao.html
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2010/11/folder-do-sotao.html
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2010/11/em-cartaz-sotao.html
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2010/10/sotao-estreia-no-sesc-joinville.html
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2010/05/o-encontro-do-santo-com-o-lobisomem.html
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2010/05/lobisomem-do-sotao.html
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2010/04/carlos-franzoi-no-sotao.html
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2009/10/sotao-premiado.html

Mais informações: 47 3433.9121 – Ipê Produções, produtor@ipeproducoes.com.br

Ficha técnica:
Apresentação: Grupo Roca de Teatro
Direção: Ilaine Melo e Franzoi
Dramaturgia: Ilaine Melo
Atuação: Ilaine Melo e Muriel Szym
Cenografia e figurino: Franzoi
Cenotécnica: Altamir Andrade
Iluminação e som: Maíra Correia Lemos
Apoio: Fernando Felippi
Direção musical e trilha sonora original: Fábio Cabelo
Material gráfico: Iago Sartini
Foto da arte gráfica: Cassios Nogueira
Fotos do espetáculo: Pena Filho
Produção: Ipê Produções
Apoio: SESC/SC Joinville, Dionisos Teatro e MAJ - Museu de Arte de Joinville
Patrocínio: JOV - Jornal O Vizinho
Realização: Edital Elizabete Anderle de Incentivo à Cultura da Fundação Catarinense de Cultura do Governo do Estado de SC