segunda-feira, 31 de maio de 2010

Teatro no bar

Joinville, SC, já rompeu a barreira de meio milhão de habitantes. Apesar disso é uma cidade provinciana que se transforma. A maior cidade do estado de Santa Catarina já oferece boas e diversificadas opções gastronômicas. A via consolida-se. Mas, os únicos "diferenciais" de algumas casas ainda residem na mesmice dos telões com vídeos musicais ou música ao vivo.

Todavia, uma iniciativa inovadora e produzida por Muriel Szym tem tudo para melhorar esse quadro. O teatro começa a invadir os "botecos". A primeira temporada encerrada no domingo, 30 de maio de 2010, pode se configurar como um destes pequenos e importantes fatos histórico/culturais.

O produtor cultural Mureil Szym e o empresário Kristhian Lenoch, do Bovary
No palco do Bovary Snooker Pub (antigo Liverpool) o Grupo Gats de Teatro de Jaraguá do Sul, SC, com a peça "Tanto Trabalho Pra Nada", o teatro invade um espaço carente e com um público desejoso de boas e divertidas obras. A parceria de Szym e Lenoch foi um investimento que promete. O primeiro espetáculo é uma excelente obra de um dos mais respeitados grupos de Santa Catarina, o Grupo Gats de Teatro.
Leone Silva e Ilaine Melo, atores e empreendedores do teatro encontram-se no Bovary

O evento foi também de encontros. Leone Silva (Gats) e Ilaine Melo (Unicórnio) iniciaram no teatro praticamente na mesma época. Em 1998, quando ela assistira esse mesmo espetáculo com overdose de machismo, no meio da peça ela se retirou da plateia, indignada. "Dessa vez ficasse", brincou Leone Silva. Atriz e diretora, ela reconheceu a "evolução" da peça. "Como é bom ver um espetáculo tão melhor anos depois", comentou. Dela, também, os atores arrancaram gargalhadas.

Acredite, mas a imagem acima não é de nenhum espetáculo. São amigos, "teatreiros" conversando...

Parte do elenco comemora com Ilaine Melo (braços cruzados) o sucesso da noite
"Tanto Trabalho Pra Nada" é delicioso, divertidíssimo. Entre os atores há um escolhido da platéia que encena com o grupo toda a peça. Imperdível. O grupo se despediu prometendo que retorna com outros espetáculos. Eu, já estou esperando e torcendo para que a parceria do Szym e do Lenoch se fortaleça. Eu levei um casal de amigos (os empresários Lourival e Ieda Matos Elyas). Eles também, saíram encantados e deverão levar outros. É asssim que funciona...

segunda-feira, 10 de maio de 2010

O encontro do Santo com o Lobisomem

Fábio Felippi (Cabelo) tem sua primeira atuação no teatro sob a direção de Carlos Franzói

Compositor e construtor de instrumentos musicais alternativos, Fábio Cabelo é o autor da trilha sonora e o sonoplasta do espetáculo em construção "Sótão". Mais do que isso, no entanto. Convidado por Ilaine Melo para também atuar, o aceite imediato se transformou em novo desafio na carreira desse artista. No ensaio da noite de terça-feira 04/05, Carlos Franzói começa a dirigir o consagrado músico e estreante ator.
Quem também passou pelo Galpão de Teatro da Dionísos, no bairro Boa Vista, para dar uma "espiadinha" nos ensaios foi outro amigo do grupo, Nilton Santo Tirotti. Foi o encontro do "Santo" com o Lobisomem do bloco que o grupo deve trabalhar ainda durante o mês de maio.

Nilton Santo Tirotti (azul) ao lado do diretor de teatro Carlos Franzói no ensaio do espetáculo (Sótão)

No ensaio do sábado, 08/05, o bloco do lobisomem sofreu algumas descontruções para, finalmente, cada ato estar intencionalmente definido. "Agora estão bem claras as intenções. Já podemos começar a construir o próximo bloco, das bruxas", anima-se Ilaine Melo.

Para saber mais sobre o Sótão:
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2010/05/lobisomem-do-sotao.html
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2010/04/carlos-franzoi-no-sotao.html
http://jornalistaandrade.blogspot.com/2009/10/sotao-premiado.html

domingo, 2 de maio de 2010

Lobisomem do Sótão

Ilaine Melo e Muriel Szym dando vida às personagens no bloco do lobisomem
O ensaio da noite de 27 de abril teve início às 22h15 e terminou na madrugada de 28. Esse tem sido o ritmo do grupo. Noites, madrugadas, fins de semana, feriados. O processo criativo do bloco do Lobisomem finalmente está estruturado. A visita de parte do grupo à exposição "Museu é o mundo" de Hélio Oiticica, no Itaú Cultural em São Paulo, foi inspiradora. Os "Penetráveis" da exposição permitem uma interatividade do observador que o transforma em parte do conjunto da obra. Dos textos expostos, uma frase destacou-se para este observador: "Toda grande expressão de arte aspira ao sublime". Hélio Oiticica - 22/02/1961. Quando, no meio de um texto, que ele filosofa sobre a arte, diz: "Para mim anotações e formulações de ideias são mais importantes", senti-me privilegiado observador, pois lá estava eu fazendo anotações e formulando ideias para troca com o grupo.
A esposição fica até 16/05 na Avenida Paulista, 149 (Estação Brigadeiro do Metrô).

Para saber mais sobre o Sótão: