quinta-feira, 7 de maio de 2009

Campanha contra o PT

video
Para toda açao há uma reação igual e contrária
O vídeo acima, segundo fonte de Brasília, é o mais assistido no meio político nesse início de maio de 2009. A produção conta com interpretação musical do Zé Ramalho (se não for o cover é muito bom). A letra da música e as imagens compõem uma peça de grande força comunicacional.
A internet tem sido uma via poderosa de comunicação dada a sua rapidez (instantaneidade) e disseminação (mundial). Não fica a menor dúvida de que esse vídeo é mais uma - dentre tantas outras -, estratégia que se espalha por esse meio levando ao delírio opositores ao Governo Lula. Mas também a indignação dos membros do governo.
O vídeo pode facilmente ser avaliado como falacioso, pois apresenta muitos "argumentos" ou induz à "raciocínios" que podem ser psicologicamente persuasivos, embora incorretos. Falácia é uma forma de raciocínio que parece correta, mas que, quando examinada cuidadosamente, não o é.
Há vários tipos de falácias. Os políticos são especialistas nos seus usos. O vídeo pode ser avaliado como "Argumentum ad hominem (circunstancial)", pretende tão somente conquistar o assentimento de antagonistas. Essas falácias conseguem seus objetivos com muita frequência, pois costumam ser, na maioria das vezes, como no vídeo, muito persuasivas.
A linguagem pode ser usada tanto expressiva como informativamente para estimular emoções, tais como o medo, a compaixão, o entusiasmo ou a reverência. Ou ainda, como nesse vídeo, o conjunto das linguagens prioriza a hostilidade.
Segundo a Terceira Lei de Newton, do Princípio da Ação e Reação, "A uma ação sempre se opõe uma reação igual, ou seja, as ações de dois corpos um sobre o outro são sempre iguais e se dirigem a partes contrárias " Essa lei da física tem sido regra também nas relações humanas, sociais. Assim, é de se esperar que logo circule - se já não está - um vídeo-reação.
Agora é esperá-lo para contrapor nesse espaço; ou esse vídeo já pode ser uma reação à possibilidade de o Presidente Lula disputar um terceiro mandato, como sugeriu o Deputado Roberto Jefferson, aquele que provocou o maior estrago do Governo Lula no escândalo do Correios. Aliás, Jefferson é especialista em criar situações difíceis para o atual governo. Talvez essa seja mais uma.


Nenhum comentário:

Postar um comentário